Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Up

25 motivos para relembrar Cazuza

Agenor de Miranda Araújo Neto faleceu em julho de 1990, aos 32 anos. Cazuza abordou tabus e tocou e muitas feridas. Exagerado, breve, intenso. Inesquecível!

04/04/1958 07/07/1990
... continue lendo

CD de inéditas

Vem aí um disco com letras de Cazuza, musicadas por nomes como Caetano, Gil, Seu Jorge e Bebel Gilberto.

Bebel foi amiga de infância do cantor, que deixou 65 letras inéditas.

Discografia

Os cinco discos lançados por Cazuza: Exagerado, Só se for a dois, Ideologia, O tempo não para e Burguesia, e os dois póstumos: Por aí e O poeta está vivo, estão esgotados.

Musical

Cazuza: Pro dia nascer feliz, teve direção de João Fonseca e texto de Aloisio de Abreu. O roteiro mostra a vida do artista, embalado por suas canções. Mais de 200 mil pessoas assistiram.

Filme

Dirigido pela dupla Sandra Werneck e Walter Carvalho e protagonizado por Daniel Oliveira, "Cazuza: O tempo não para" mostra a trajetória artística e os dramas pessoais do cantor.

Rock in Rio

"Que o dia nasça lindo pra todo mundo amanhã. Com um Brasil novo, com a rapaziada esperta", disse Cazuza. Isso aconteceu em 15 de janeiro, no show do Barão Vermelho no primeiro Rock in Rio.

Libertário

"Tudo aquilo contra o que ele lutou está voltando". A frase é de Lucinha Araújo, sobre a onda de preconceito e desigualdades presentes no Brasil atual.

Tributo

Com os discos do próprio Cazuza esgotados, a saída é se contentar com o tributo "Agenor: Canções de Cazuza", que tem participações de cantores da nova geração.

 

Igualdade

O respeito à comunidade LGBT foi abordado por várias canções de Cazuza, que era bissexual.

Aids

Cazuza foi um dos primeiros a assumir a doença publicamente, em 1989. "Ele pediu para o Brasil mostrar a cara, como ele não ia mostrar a dele?", diz Lucinha.

Trilhas

Os filmes "Bete balanço" e "Um trem para as estrelas" contam com canções do artista, que atuou em ambos.

Barão

Com Frejat, Guto Goffi, Maurício Barros e Dé, Cazuza formou uma das principais bandas da década de ouro do rock nacional.

Clipes

Em 1990 houve a popularização dos videoclipes, mesmo ano em que Cazuza morreu. Mesmo assim, ele deixou como legado "Ideologia" e "Exagerado".

Exagerado

Nove anos de carreira renderam 190 composições e 229 fonogramas, segundo o Escritório Central de Arrecadação e Distribuição.

Exagerado é a mais tocada. Em seguida aparecem Bete balanço e Malandragem.

Livros

Também serão relançadas as obras "Eu preciso dizer que te amo" e "O tempo não para: Viva Cazuza", que tem depoimentos de Ney Matogrosso, Sandra de Sá e Frejat.

Instituição

Três meses após a morte de Cazuza, sua mãe, Lucinha Araújo, criou a Sociedade Viva Cazuza.

A ONG fornece medicamentos, assistência e exames a portadores de HIV e atende cerca de 140 pacientes.

Exposição

A Viva Cazuza tem uma mostra permanente, com instrumentos, objetos pessoais e discos de ouro recebidos pelo cantor.

Resgate

O livro "Só as mães são felizes ", de 1997, teve mais de 100 mil exemplares vendidos e será reeditado.

Persistência

Cazuza não esmoreceu. Foi ao Prêmio Sharp na cadeira de rodas, em 1989. Naquela noite, Marília Pêra leu um manifesto contra a capa da revista Veja ("Uma vítima da Aids agoniza em praça pública"), que o fez passar mal.

Política

Letras com teor político, como Ideologia e Burguesia, continuam atuais. "Brasil" foi eleito um dos hinos dos protestos de 2013.

Romantismo

Uma das marcas do compositor são as poesias de amor rasgado. Letras como "Exagerado", "Todo o amor que houver nessa vida" e "O nosso amor a gente inventa" tornaram-se atemporais.

Diálogo

Apesar de fazer a linha roqueiro, Cazuza flertou com gêneros como a bossa nova, samba e MPB.

Vozes

Composições de Cazuza foram regravadas por inúmeros artistas, entre eles Gal Costa, Cássia Eller e Adriana Calcanhotto.

Digitalização

Há um projeto para viabilizar a catalogação, digitalização e acondicionamento de mais de 10 mil itens. Em fase de captação de recursos, deve ser disponibilizado online no segundo semestre de 2016.

Adeus, Pernambuco

Confusões e desabafos eram constantes, quase necessários. No último show, em Pernambuco, ele começou a falar em inglês e foi vaiado pela plateia, respondendo com insultos e palavrões. Foi tirado do palco e precisou receber oxigênio.