Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Up

Amanda Seyfried

Amanda Michelle Seyfried nasceu em Allentown no dia 3 de dezembro de 1985. Ela é uma atriz, cantora e modelo norte-americana que começou sua carreira trabalhando como modelo infantil aos onze anos de idade. E, desde então, Amanda conquistou o seu espaço na indústria do cinema, tendo papéis importantes em filmes como Mamma Mia!, Garota Infernal e Garotas Malvadas. Hoje Amanda tem uma filha chamada Nina Rain Sadoski-Seyfried, que nasceu em 2017. Dona de uma beleza incrível, a atriz sofre de ansiedade, TOC e depressão e usa sua influência para quebrar os tabus quanto a esses assuntos. Continue lendo nossa página e conheça mais sobre a atriz que também deu vida à Garota do Capuz Vermelho!

03/12/1985
... continue lendo

Fama

Seyfried começou a ganhar fama ao conseguir um papel em Garotas Malvadas, em 2004. E, depois disso, ela conseguiu papéis coadjuvantes em filmes independentes como Nine Lives e Alpha Dog, além de um papel recorrente no programa de TV Veronica Mars.

O sucesso

Amanda estourou em 2008 ao conseguir seu primeiro papel de destaque como uma das protagonistas em Mamma Mia!. Depois disso foi protagonista em Garota Infernal, Cartas Para Julieta, A Garota do Capuz Vermelho, In Time, Gone e Ted 2. Além disso, ela também interpretou Cosette no filme musical Os Miseráveis.

Família

Em entrevista à Harper’s Bazaar, Amanda comentou sobre a importância que dá à valorização da família:

“Quando você valoriza a sua família acima de qualquer coisa, você está indo na direção certa”, falou a atriz.

Purgando emoções

Amanda Seyfried

“Quando você está interpretando alguém que está passando por muitas coisas, como frustrações e dificuldades, você está apenas purgando todas as suas emoções e é muito bom fazer isso”.

Envelhecer

Em entrevista à Indie London, Amanda foi questionada se teria medo de envelhecer. Sua resposta foi:

“Claro! Eu não quero envelhecer, mas ao mesmo tempo não quero morrer jovem, logo, eu não tenho muita escolha. Mas acredito que existe beleza em cada idade. A experiência de vida é inestimável”.

Garotas Malvadas

Amanda Seyfried

“Você não precisa ouvir essas garotas malvadas. Elas estão lá apenas para deixá-la chateada e fazer com que você se sinta mal consigo mesma. Você sabe, lá no fundo, que elas se sentem mal também, mas não querem admitir isso”.

 

Cantar

Amanda Seyfried

“Cantar é uma forma de liberar uma emoção que às vezes você não consegue retratar quando está atuando. A música move sua alma, ela é a fonte das emoções mais intensas que você pode sentir. Quando você ouve uma música e está atuando, é incrível. Mas quando você está cantando uma música e está atuando, é mais incrível ainda”.

Ansiedade

Em entrevista à Glamour, Amanda comentou sobre sua ansiedade:

“É triste, na verdade, porque a minha ansiedade me impede de apreciar as coisas tanto quanto eu deveria nessa idade”.

Quebrando tabus

Em sua conta no Instagram, Amanda publicou texto sobre a importância de falar sobre os transtornos mentais. A atriz compartilhou que sofre de TOC, ataques de ansiedade, pânico e medo cênico:

“Se eu soubesse tudo o que sei agora, teria me poupado 10 anos de medo e tensão. Quero estimular os outros a falarem disso e procurarem ajuda. E se isso chegar a arruinar minha carreira, então é porque eu não estava destinada a ser atriz”.

Curiosidade engraçada

Em entrevista à Indie London, Amanda declarou que gosta muito de fazer tricô:

“Eu gasto muito tempo na Internet, mas amo tricô. Na verdade, faço mais malhas quando eu estou trabalhando”.

Desconfiada

Em entrevista à Indie London, Amanda comentou sobre ser uma pessoa muito desconfiada:

“Eu sempre desconfio das pessoas, especialmente estando em um meio com pessoas estranhas que, de certa forma, me conhecem, mas que eu não sei quais são as suas intenções comigo”.

Intimidade

Amanda Seyfried

“A intimidade é uma coisa maravilhosa. É frustrante que ao crescer eu achasse errado, pois não é. Explorar sua sexualidade é importante quando você está crescendo”.

Hollywood

Amanda Seyfried

“Hollywood é como o ensino médio. As pessoas populares só gostam das outras pessoas populares e o problema é que algumas pessoas não são legais. Ou até são legais, mas só na sua frente”.

O que ela pensa sobre pornografia

Em entrevista à GQ, Amanda expressou sua opinião sobre pornografia e recebeu a seguinte questão: “Você se preocupa com o que os meninos estão aprendendo enquanto consomem pornografia?”. Sua resposta foi:

“Com certeza, principalmente como eles tratam as mulheres. Eu acho que é uma má ideia os garotos verem como são representados em fantasias masculinas, pode se tornar algo muito obscuro, ele pode aprender a fazer as coisas erradas”.

Rotina matinal

Em entrevista à Harper's Bazaar, Amanda recebeu a seguinte pergunta: “Qual é a sua rotina matinal?”. Sua resposta foi:

“Eu pratico Yoga todos os dias e, quando minha agenda permite, faço uma massagem. Gosto de acupuntura, de ter uma pele limpa e de cuidar do meu cabelo. Para me sentir bem preciso parecer o mais natural possível”.

Pai

Em entrevista ao Chicago Tribune, Amanda falou sobre seu pai:

“Meu pai é um cara doce. Mesmo que ele tenha uma má impressão sobre meus namorados, ele será o cara mais doce possível com eles. Ele fará com que você se sinta fascinante e impressionante, mesmo não gostando tanto de você”.