Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Up

Curiosidades sobre o Dia Nacional do Orgulho Gay

Dia 25 de março é celebrado O Dia Nacional do Orgulho Gay. Nessa data as pessoas LGBTQIA+ celebram a sua vida, a resistência e lutam pelos direitos dessa comunidade tão esquecida e negligenciada. Que tal conhecer alguns aspectos e curiosidades sobre essa data e essa comunidade? Conheça seus símbolos e significados, sua bandeira, suas datas importantes e a vida dos LGBTQIA+ no Brasil. Entenda a importância de usar esse dia como modo de conscientizar a população e celebrar a resistência dessas pessoas. Desvende cada uma das Curiosidades sobre o Dia Nacional do Orgulho Gay e lute por essa comunidade, não só no dia 25 de março, mas em todos os dias do ano.

... continue lendo

Dia Nacional do Orgulho Gay

Pessoas segurando bandeira LGBT

Dia 25 de março é celebrado anualmente o dia nacional do orgulho gay. A data é um símbolo de comemoração e resistência para a comunidade LGBTQIA+ e de reflexão e conscientização da população geral. No país que mais mata pessoas LGBTQIA+, datas como essa devem ser lembradas e celebradas. Nesse dia 25 de março trabalhe a conscientização e o respeito a essa comunidade que tanto sofre pelo simples fato de ser quem são. Amor é amor.

Orgulho

Você sabe porque a palavra orgulho é tão usada pela comunidade LGBTQIA+? A palavra orgulho representa o contraste com a palavra vergonha, que por muitos anos foi associada a pessoas que tinham uma orientação sexual diferente da heterossexual. Se dissociar da palavra vergonha é importante para mostrar como se deve ter orgulho de amar, seja da forma que for. A palavra orgulho representa acima de tudo, a resistência pelo direito de não ter vergonha de ser quem se é.

Celebre o orgulho de amar acima de qualquer preconceito

Um país que mata

Homem com lágrimas de sinta colorida

Ano após ano, o Brasil segue no topo da lista de países que mais matam pessoas pertencentes a comunidade LGBTQIA+. No ano de 2018 foram registrados 153 mortes associadas a questões de sexualidade, sendo elas homicídios ou suicídios. Em um país com índices tão altos é importante relembrar datas como essa e ressaltar a necessidade de respeito a diversidade e a vida do próximo.

Parada Gay

Mulher segurando cartaz escrito em inglês 'amor é amor'

Você sabia que a primeira Parada Gay aconteceu nos anos 70, nos Estados Unidos? Desde a primeira vez esse evento tinha como objetivo reivindicar os direitos da comunidade LGBTQIA+. 27 anos depois, em 1997, acontecia a primeira Parada do orgulho LGBT de São Paulo na Avenida Paulista, que acontece anualmente até os dias de hoje. Essas paradas são um momento de reivindicação de direitos e celebração de mais um ano de resistência dentro da sociedade.

Confira algumas curiosidades sobre a parda gay!

Grande parcela da população

Você sabia? Estima-se que atualmente cerca de 10% da população se identifica com orientações sexuais abrangidas pela comunidade LGBTQIA+. Isso quer dizer que 1 em cada 10 pessoas se considera parte dessa comunidade, ocupando uma parcela significativa da população brasileira. Porque não aprender a conviver e respeitar essas diferenças? Em um país com tanta diversidade, não deixe espaço para o preconceito!

Primeiro casamento gay

Mulher beijando a bochecha de outra mulher

No Brasil e no mundo, o casamento entre pessoas do mesmo gênero é um tema que tem sofrido amplo debate. No dia 28 de junho de 2011, foi realizado o primeiro casamento civil entre dois homens do Brasil. A cerimônia que aconteceu na cidade de Jacareí, que se localiza no interior de São Paulo, celebrou o amor entre o comerciante Luiz André Rezende Moresi e o cabeleireiro José Sérgio Sousa. Esse foi um grande marco para as conquistas da comunidade LGBTQIA+ no Brasil e seus direitos.

Simbologia

Mulher com os olhos de arco iris

A comunidade LGBTQIA+ tem seus símbolos de resistência e representatividade. Entre os mais conhecidos estão a letra grega Lambda que representa o orgulho de fazer parte da comunidade e o triângulo que também representa o orgulho e remete a sua utilização nos campos de concentração nazista. Durante a segunda guerra mundial prisioneiros que possuíam orientação sexual diferente da heterossexual eram marcados com broxes de triângulo para identificação nos campos.

 

LGBTQIA+ na política

No Brasil, cada vez mais ativistas da comunidade LGBTQIA+ tem se inserido na política visando lutar pelos direitos da sua comunidade. A presença dessas pessoas em todas as áreas da política demonstra a importância de ocupar todos os espaços e lutar pelos direitos LGBTQIA+ de forma ativa e responsável. Confira alguns desses nomes marcantes da política: Clodovil Hernandes, David Miranda, Duda Salabert, Isa Penna, Jean Wyllys, Léo Áquilla E Marielle Franco.

Arco-Íris

Homem segurando bandeira

O arco-íris é um dos maiores símbolos da comunidade LGBTQIA+. Repleto de cores e alegria, ele representa a felicidade e liberdade de ser quem é. Cada cor da bandeira traz um significado: vida, cura, serenidade, harmonia... todos eles formam o significado poderoso dessa bandeira tão representativa. Abraçar cada um desses fatores constitui a essência dessa comunidade e representa seus desejos de uma vida segura e harmoniosa.

Conheça a história e o significado da bandeira LGBTQIA+ a fundo

Outras datas marcantes

A comunidade LGBTQIA+ possui outras datas importantes para celebrar o orgulho, são elas: 29 de janeiro, Dia Nacional da Visibilidade Trans. 29 de agosto, Dia Nacional da Visibilidade Lésbica. 23 de setembro, Dia Nacional da Visibilidade Bissexual. 17 de Maio, Dia de Combate a Homofobia. Todas essas datas merecem ser celebradas e usadas como forma de conscientizar a população sobre as dificuldades e direitos dessa comunidade.

Comemore o amor com os melhores filmes LGBTQIA+. Separe a pipoca e confira essa lista