Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Up

Curiosidades sobre o espiritismo

O espiritismo é uma religião muito conhecida, mas pouco estudada a fundo. Por isso, nós separamos algumas curiosidades sobre essa doutrina para você fazer uma verdadeira imersão de conhecimento e se aprofundar nessa religião. Venha conhecer mais sobre o espiritismo!

... continue lendo

Allan Kardec

A maioria das pessoas sabe que Allan Kardec foi o criador e fundador do espiritismo, mas o que poucos sabem é que esse não era o seu verdadeiro nome. O homem se chamava Hippolyte Léon Denizard Rivail, porém adotou Allan Kardec para si depois de consultar um médium em determinada oportunidade.

Cinco livros

De forma geral, o espiritismo é baseado em cinco livros, todos publicados por Allan Kardec. São eles: “O Livro dos Espíritos”, “O Livro dos Médiuns”, “O Evangelho segundo o Espiritismo”, “O Céu e o Inferno” e, por fim, “A Gênese”.

O principal livro

“O Livro dos Espíritos” é, dentre todos, o principal livro da religião. Foi publicado pela primeira vez em 1857, na França, país de nascimento de Allan Kardec. Durante o processo de escrita, o autor consultou cerca de 10 médiuns.

Preconceito

Assim como outras religiões, como a umbanda ou o candomblé, o espiritismo sofre até hoje preconceitos no Brasil. Porém o cenário já foi muito pior: em 1890, a religião era considerada crime em territórios nacionais!

Seguidores fiéis

O espiritismo está espalhado por quase todo o globo terrestre. Porém existem locais geográficos em que a sua aceitação é mais aquecida. Inclusive, vale destacar que o Brasil é o país detentor do maior número de seguidores do kardecismo (ou espiritismo) no mundo.

Nascimento incerto

Os primeiros registros do espiritismo vêm do século XIX, mas é certo, também, que muito tempo antes disso existiam rituais e momentos que até então não eram determinados de uma religião e que, hoje, é sabido pertencerem ao espiritismo.

Chico Xavier

Assim como Allan Kardec, há outras figuras extremamente conhecidas na religião. No que diz respeito às terras tupiniquins, Chico Xavier é o brasileiro espírita mais conhecido de todos os tempos. Chico foi, inclusive, autor de diversas obras a respeito da religião, além de reflexões sobre a vida, que foram vendidas em diversos países.

Espiritismo no Brasil: Conheça Chico Xavier

Casca

Para o espiritismo, o corpo humano é apenas uma casca, algo como uma vestimenta para a sua alma, a sua divina presença, a sua luz interior, o seu espírito, que está em constante aprendizado e evolução. A cada encarnação, sua alma eleva-se um pouco mais. De acordo com a religião espírita, o corpo é apenas um agente para esse processo.

Vidas passadas

O espiritismo acredita em vidas passadas, porém não nos lembramos delas porque precisamos focar em nossas experiências atuais. Dessa forma, o nosso espírito pode se concentrar em sua evolução. Porém é justamente por termos vidas passadas que, segundo o espiritismo, muitas vezes, sentimos conexões, ligações e sensações de conhecimento, tudo isso "sem explicação alguma", pois são lembranças de uma outra vida.

Centro espírita

Assim como outras religiões, o espiritismo também possui locais físicos destinados à disseminação de suas doutrinas, especificidades e, é claro, atividades. Nesse caso, chama-se centro espírita.

Caráter

Sabe aquela característica sua que não lembra ninguém da sua família ou próxima a você? Aquela característica que é especificamente sua? Provavelmente, segundo a doutrina espírita, é uma lembrança que você carrega de alguma outra vida passada.

Falsas comunicações

Assim como em muitos outros campos da humanidade, o espiritismo precisa lidar com um problema corriqueiro nos dias atuais: as falsas mensagens espíritas disseminadas, principalmente na internet. Para lidar com isso, os espíritas e praticantes de religião em geral devem focar apenas em informações oficiais, divulgadas por órgãos e centros da religião.

Sem julgamentos!

Para o espiritismo, cada espírito está no mundo, na vida atual, livre para fazer escolhas, que, inclusive, determinam o caminho que ele precisa seguir e as lições que ele precisa aprender para evoluir. Por isso, por princípio, é uma religião que não julga.