Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Up

Curiosidades sobre as Olimpíadas

O espírito olímpico lhe chama para conhecer a origem das Olimpíadas, quais os atletas que marcaram história, seus símbolos e sua cronologia. Leia e fique por dentro mesmo não sendo um atleta.

Juramento

O juramento olímpico dito na cerimônia de abertura por todos os atletas e juízes foi escrito por Pierre de Coubertin. Em 1920, o trecho do discurso que dizia “honrar nosso país” foi substituído por “honrar nossa equipe” com o objetivo de diminuir sentimentos nacionalistas.

"Em nome de todos os competidores, prometo que participaremos nestes Jogos Olímpicos, respeitando e seguindo as regras que os regem, comprometendo-nos a um desporto sem dopagem e sem drogas, com o espírito verdadeiro do desportivismo, para glória do desporto e honra das nossas equipes."

Hino Olímpico

Composto em 1896 pelo grego Spirou Samara, com letra do músico grego Cositis Palamas, foi adotado pelo COI em 1958:

Espírito imortal, o pai de pura
beleza, a grande e verdadeiro
declínio, a revelação e mostrou aqui
a glória da terra e o céu.

Dê vida e vivacidade aos jogos nobres!
Lançar coroas de louros inmarchitables.
Os vencedores na corrida e na luta!
Criar em nossos peitos, corações de aço!

Nos campos, montanhas e mares brilhar com você
em um tom rosa e formam um grande templo
onde todas as nações se reúnem para adorar,
Oh espírito imortal das Olimpíadas!

Sucesso

Os primeiros Jogos Olímpicos da Era Moderna, realizados em 1896, em Atenas, são marco de um período aventureiro. Tinha tudo para dar errado, mas o sucesso foi tão grande que o evento conseguiu atrair um público de cerca de 80 mil pessoas ao estádio Panatenaico, palcos dos jogos da Antiguidade, restaurado com peças de mármore branco. Organizado em apenas dois anos de antecedência, nas competições misturava atletas a estudantes e turistas. Qualquer pessoa poderia se inscrever nas provas. Mas, com o sucesso do torneio, o barão de Coubertin marcou para Paris, quatro anos depois, o reencontro com a comunidade olímpica.

Modalidades

Desde 776 a. C., a única competição nos primeiros 13 olímpicos foi a corrida. Em 724 a. C. introduziu-se um nova modalidade, semelhante aos atuais 400 metros rasos. O pentatlo passou a ser disputado em 708 a. C. Até 472 a. C. as provas eram realizadas em um único dia. O número de provas na Antiguidade aumentou até se fixar em 12 modalidades: o disco, na foto ao lado (chegou aos nossos dias com poucas variações), o hopolitódromo (corrida com os atletas equipados de modo militar), provas hípicas (corridas de quadrigas e de cavalos), o dardo (era de madeira com uma ponta de ferro), salto em cumprimento Skamma (o atleta levava nas mãos pesos enquanto saltava), luta livre (o adversário devia ser tombado de costas), pankration (luta em que tudo era permitido, exceto morder), pugilismo (socavam-se com os punhos nus até a rendição do adversário, mas com o tempo usaram-se máscaras e correias protetoras), corrida e pentatlo - o dialum(400 m), o dólico(1.500 m) e o stadium(192 m).

Tocha (1)

Desde os primeiros jogos da Antiguidade, a Chama Olímpica era acesa e carregada por atletas. A pira sagrada queimava no altar de Zeus durante todo o período das competições. Ela foi reintroduzida em 1928, nas Olimpíadas de Amsterdã. Nos Jogos de Berlim de 1936, pela primeira vez a chama foi acesa na Grécia e transportada para a nova sede das Olimpíadas, em uma tocha, por atletas que se revezaram durante o trajeto. A ideia foi adotada e vem sendo mantida em todos os Jogos desde de 1952.

Tocha (2)

A tocha é então acesa em Olímpia, no local onde eram realizados os Jogos da Grécia. Ela é acesa por raios do sol refletidos em um espelho encurvado, em uma cerimônia, por mulheres em trajes que lembram os usados nos tempos antigos (foto). A tocha é então entregue ao primeiro atleta. O transporte da Grécia para Sydney foi o mais complexo. A chama foi mantida acesa a 3.000 pés de altitude, num vôo transcontinental especialmente fretado, além de atravessar um curto trajeto subaquático, feito a nado.

Sobre Guilherme Paraense

Paraense era parte de uma equipe de sete atiradores que partiram para a Bélgica por conta própria. Depois de 27 dias de uma viagem atribulada, passando por Portugal e Paris, chegaram a Bruxelas, onde aguardavam conexão para Antuérpia. Lá, tiveram parte das armas e da munição roubada. Com fome e sem material esportivo, acabaram salvos pelos americanos. Impressionados com o estado lastimável dos brasileiros, os atletas emprestaram aos colegas as próprias armas. Guilerme Paraense derrotou os americanos e conquistou o ouro, a prata e o bronze. Ele tinha 36 anos e morreu de enfarte, em 1968.

Machismo

Apesar de já terem participado em alguns eventos anteriormente, só a partir de 1912, nas Olimpíadas de Estocolmo, com a natação, as mulheres passaram a ser oficialmente admitidas nos Jogos. Nos Jogos Olímpicos antigos, somente era permitido às mulheres virgens entrar no estádio para assistir aos jogos. A punição para as demais mulheres que ousassem quebrar essa regra era serem jogadas dos penhascos de Typaion. Havia festivais femininos nos quais os homens eram banidos, sendo o mais famoso o Heraean, em Argos, o qual incluía competição de lançamento de dardo.