Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Up

Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto

O genocídio de milhões cometido pelos nazistas nas décadas de 30 e 40 foi um dos mais tristes episódios já ocorridos na história da humanidade. Uma forma de garantir que tais eventos nunca mais se repitam é relembrar as vítimas do Holocausto. Elas estão sempre vivas na memória!

... continue lendo

Liberação

A data a ser comemorada o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto foi definida pela Assembleia Geral das Nações Unidas e faz referência à liberação do Campo de Concentração e Extermínio Nazista Alemão de Auschwitz em 1945, pelas tropas soviéticas.

Herói

Um soldado polonês, chamado Witold Pilecki, ajudou o mundo a descobrir as atrocidades que aconteciam no campo de Auschwitz. Ele foi enviado ao local, voluntariamente, já com intenção de espionar, levantar informações, fugir e repassar o que os judeus estavam passando. Por pessoas como ele, existe o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto.

Você sabia?

É muito curioso o quanto não temos noção da tragédia que foi o Holocausto. Você sabia que se fizéssemos 10 segundos de silêncio por cada vítima desse evento o mundo ficaria calado por cerca de 5 anos? Isso é muito assustador.

A palavra

Hoje é comemorado o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto (27/01), palavra essa que é do grego holo “inteiro” + kaustos “queimado”. É referência de um sacrifício em que todo o animal é queimado.

Assassinato intensivo

Existiu um dia com assassinato intensivo durante o Holocausto, foi em setembro de 1941 na Ravina Babi Yar, apenas fora de Kiev, Ucrânia. Mais de 33 mil judeus morreram em apenas dois dias. Eles foram obrigados a se despirem e caminharem até a borda de um barranco, onde os alemães começaram a atirar e eles foram caindo no abismo. Pessoas inocentes sendo mortas assim e você achando que deveria passar em branco o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto...

Valor

Há muitas razões para se falar do Holocausto e todas as suas vítimas. Uma delas é que o total de 700 milhões de dólares, valor atualizado de quanto foi gerado, por meio de trabalho escravo, no campo de Auschwitz, durante o Holocausto.

Estudos médicos

Hoje, 27 de Janeiro, é o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto e, você sabia que alguns médicos nazistas realizavam experiências mortíferas que envolviam homens, mulheres e até mesmo bebês? O principal médico responsável por essas experiências foi Josef Mengele, conhecido como “O Anjo da Morte”, chefe do temido campo de extermínio Auschwitz-Birkenau.

Teoria

Mesmo com dados, imagens e filmagens que comprovem que o holocausto aconteceu, existe uma teoria que nega a ocorrência do Holocausto. Quem crê nisso afirma que a “solução final para a questão dos judeus” só resultou na deportação em massa deles da Alemanha. Ainda dizem que os horrores associados aos campos de concentração são parte de uma teoria da conspiração para enganar o mundo.

Ilusões

Pensando que iriam sobreviver, muitos judeus se entregaram e aceitaram serem levados aos campos de concentração, cheio de ilusões. Eles acreditavam que toda a operação serviria para mantê-los vivos. Mas foram queimados vivos ou mortos em câmeras de gás.

Transporte

Sabe por qual razão devemos nos lembrar de falar sobre o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto? Pois a maioria das pessoas deportadas para os campos de trabalho e de extermínio foi em vagões de gado, os quais não tinha água, comida, banheiro ou qualquer tipo de ventilação. A viagem mais longa dessas durou 18 dias e todos já haviam morrido quando as portas foram abertas.

Crueldade

Por saberem de tamanha crueldade como as que os trabalhadores do campo de concentração eram obrigados a fazer, como correr na frente dos oficiais do Schutzstaffel (“Tropa de Proteção”), para mostrar que ainda tinham forças, é comemorado todo dia 27 de Janeiro o Dia Internacional em Memória das Vítimas do Holocausto.