Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Up

Feminismo negro

Você sabia que existe um segmento no feminismo para mulheres negras? É algo importante de discutir, visto que todos tem seu lugar de fala! O movimento cuida de questões raciais ligadas ao gênero e precisa ganhar mais espaço na comunidade e no mundo! Adquira conhecimento e ajude nessa causa!

... continue lendo

O que é Feminismo Negro?

Muitas pessoas não sabem, mas para além do feminismo como um todo, também existem várias ramificações específicas e, dentre elas, está o Feminismo Negro. Ele surge para atender algumas demandas específicas de mulheres negras, que foram e ainda são oprimidas pelas mulheres brancas (as famosas “sinhás”). Venha conhecer algumas de suas pautas, autoras e passagens!

Eu não sou uma mulher?

"Ain't I A Woman?" (“Eu não sou uma mulher?”) foi um discurso dado pela ex-escrava Sojourner Truth, em 1851, na The Women's Convention (EUA). Esta fala, que pode ser facilmente encontrada na internet, mostra a dificuldade da mulher negra de ser vista como uma mulher e, portanto, a dificuldade de construir um discurso de igualdade para as mulheres negras. Foi um discurso bastante polêmico e um tapa na cara para as feministas da época – e de hoje.

Mercado de trabalho

A igualdade salarial sempre foi um tema substancial para o feminismo, mas muitos se esquecem – ou sequer sabem – que a mulher negra recebe menos do que uma mulher branca, a qual, por sua vez, recebe menos do que o homem branco, mesmo fazendo o mesmo trabalho. E se é difícil para uma branca conseguir ocupar posições de poder, imagina para uma mulher negra…

Estupro

Outro assunto importante para o feminismo é o estupro, porém ainda deixam de lado a informação de que, no Brasil, 60% dos casos de feminicídio e estupro são cometidos contra as mulheres negras.

Frases sobre feminismo

Representatividade

A negritude quase não é vista por aí, não como algo admirável. Nas novelas, filmes e propagandas, as mulheres negras são vistas como empregadas, amantes diabólicas ou “mãezonas” que só cuidam de pessoas brancas e não têm nenhuma complexidade. É preciso trazer mais personagens e modelos positivos para as mulheres negras!

Negras e lésbicas

No feminismo, diferente do que pensam, quase não se fala das lésbicas. Quando se é negra e lésbica, parece que não existem. Pois saiba que o amor lésbico e negro não só existe, como está em toda parte e é lindo! Algumas mulheres negras famosas que se assumiram lésbicas são: Raven-Symoné, Samira Wiley, Wanda Sykes, as brasileiras Pepê e Neném, entre outras.

 

Aborto e esterilização

O aborto, ainda que polêmico, é um assunto importante para o feminismo e, principalmente, para as mulheres negras, já que são elas as principais vítimas do aborto clandestino. Além disso, também são as mulheres negras que mais são cotadas à esterilização em massa, sem consentimento. Ou seja, mulheres negras precisam lutar para ter e para não ter filhos.

Beleza padrão

A negritude não faz parte da “beleza padrão”. Por isso, as mulheres negras sofrem muito para se encaixar em um lugar que sempre as exclui: alisam os seus lindos cabelos cacheados, procuram maquiagem mais clarear o seu tom de pele (aliás, é difícil achar maquiagem do tom de pele negro), entre outros absurdos.

História da Mulher Negra

Pouco se fala da história das mulheres e menos ainda se fala da história da mulher negra. Poucos sabem como eram a vida das escravas ou até mesmo de suas vidas na África. Porém isso está começando a mudar: hoje já existe a Lei 10.639/03, que determina o ensino da história da África nas escolas. Quem sabe assim saibamos mais sobre as mulheres negras também?

Frases sobre igualdade, empatia e respeito!

Autoras

Quer saber mais sobre o Feminismo Negro? Vale adicionar às suas leituras os seguintes nomes: Alice Walker, Angela Davis, Audre Lorde, Djamila Ribeiro, entre outras.

Úrsula

Você sabe qual foi o primeiro romance escrito por uma mulher no Brasil? Foi o livro “Úrsula”, de Maria Firmina dos Reis, uma mulher negra maranhense. Úrsula também foi o primeiro livro abolicionista do país e, apesar de tantos pioneirismos e de uma escrita singular, não faz parte do cânone da literatura, o que, com certeza, é um erro.

Filmes

Aqui estão algumas indicações de filmes para quem quer se aprofundar na temática da mulher negra: Estrelas Além do Tempo (2016), What Happened, Miss Simone? (2015), Histórias Cruzadas (2011) e Preciosa (2009).

Marielle Franco

Marielle Franco é uma mulher negra e lésbica, vereadora pelo Rio Janeiro, que lutava pelas minorias e foi morta em 2018, junto com Anderson, o seu motorista. Ainda não se sabe quem a matou ou quem mandou matá-la, mas Marielle virou símbolo da luta das mulheres negras brasileiras e jamais será esquecida. Marielle, presente!

10 livros que abordam o feminismo