Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Up

Lições empíricas do amor

O amor é um sentimento muito forte, capaz de ensinar milhares coisas para quem se sujeita a ele. Vamos nos entregar ao amor? Deixe que esse sentimento faça diversas mudanças em sua vida!

Pular de cabeça

Amar é saber que pode não durar para sempre, mas se arriscar mesmo assim. Amar é pensar como foi que você viveu esse tempo todo sem o outro. Amar é fazer alguma coisa ridícula, como comprar flores ou andar de mãos dadas na rua, se sentir um tolo e se sentir o tolo mais feliz do mundo inteiro por poder viver essas besteirinhas de amor. Amar é querer se perder dentro de um abraço. Amar é saber que seu coração pode se partir - afinal, ele já se partiu outras vezes - e não se importar. Simplesmente ir, pular de cabeça, feliz, pronto para tentar mais uma vez.

Além das palavras

Além das palavras
Dizer “eu te amo” não é apenas proferir essas três palavras. “Eu te amo” vai muito além da fala ou da escrita. “Eu te amo” é dito quando liga para saber se ele chegou bem. Quando ele fica até mais tarde, porque não quer te deixar sem cafuné. É um “eu te amo” quando algum dos dois manda mensagem só para avisar que viu algo que o fez se lembrar do outro. “Eu te amo” é fazer sopa quando ele está gripado, é te dar aquela força quando ele sabe que você teve uma semana ruim. Às vezes, “eu te amo” é conquistar o mundo por você. Às vezes, é só um abraço.

Aproveitar ao máximo

O mais importante não é o tempo que o amor irá durar, mas sim como será vivido esse tempo. Às vezes, por diferentes circunstâncias, você não terá muito tempo junto do seu amor. É essencial, então, fazer o máximo de cada segundo que lhe é dado. No fim, as memórias mais valiosas não serão os presentes trocados, os restaurantes caros que vocês foram, mas sim, os momentos em que vocês riram, se divertiram, perderam o fôlego e apreciaram a companhia um do outro mais do que qualquer outra coisa.

Suficiente

O grande segredo do amor é que a pessoa certa não é necessariamente aquela que vai viver as maiores aventuras ao seu lado, embora, é claro, possa ser exatamente essa. A pessoa certa mesmo é aquela que vai ficar ao seu lado no mais tedioso dos domingos e ainda fazer a experiência valer a pena. A pessoa certa é aquela que vai estar disposta a cruzar o mundo com você, mas com quem até aquele mesmo velho sofá da sua casa é bom o suficiente, se for ela que estiver sentada ao seu lado.