Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Up

Mulheres que fizeram muito em 2016

Desde famosas até anônimas, as mulheres estão cada vez mais engajadas no movimento feminista, além de mais dispostas a lutar por causas que valham a pena. Confira nossa lista com mulheres incríveis que deram um show durante o ano de 2016 e inspire-se em cada uma delas!

... continue lendo

Patrícia de Oliveira

Essa mulher, cheia de força, foi uma das que criaram a Rede de Comunicadores e Movimento Contra Violência, no Rio de Janeiro, com o intuito de debater sobre a grande taxa de violência policial contra toda a população negra e como a imprensa nacional e internacional divulga esse assunto.

Emma Watson

Além de todo o trabalho e empenho que a linda e talentosa atriz tem para defender o direitos das mulheres, em 2016 ela ainda fez questão de esconder 200 livros feministas nas estações de metrô de Londres. Ela não é uma fofa?

Laina Crisóstomo

Uma advogada baiana que teve a incrível ideia de criar o ‘TamoJuntas’, um projeto coletivo que foi criado para divulgar que há atendimento jurídico GRATUITO para todas as mulheres que forem vítima de violência de gênero, isso não é incrível?

Jaque Conceição

Essa querida professora e mestre de Política e Sociedade, e também em história, tem um projeto com o nome de ‘Coletivo Di Jejê’, dedicado para a formação de conhecimento destinado a mulheres negras, oferecendo cursos com temas políticos, filosóficos e também questões raciais e de gênero.

Madonna

Como não citar a diva e seu maravilhoso discurso ao ganhar o prêmio de Mulher do Ano, da Billboard? Em seu pronunciamento, ela criticou o machismo e ainda sugeriu que as mulheres devem ter “amigas fortes para se aliar, para aprender, para se inspirarem, para serem apoiadas e instruídas.”

Joyce Fernandes

A ex-empregada, Joyce Fernandes, ou Preta-Rara, tem uma fanpage com o nome ‘Eu, Empregada Doméstica’, onde ela já contou tudo o que passou, inclusive abuso no trabalho e racismo. Ela usa a hashtag #EuEmpregadaDomestica para divulgar casos e ajudar outras mulheres a contarem suas histórias e até momentos que sofreram com a desigualdade.

Lena Dunham

A queridíssima atriz da série Girls apoiou a candidatura de Hillary Clinton para relembrar que o feminismo vai além de empoderamento — ele busca igualdade de forma universal, em tudo o que faça as mulheres serem mais participantes na sociedade. Além de apoiar Hillary, ela ainda falava de seu apoio ao feminismo em entrevistas que concedia.

Maria Clara de Sena

Foi a primeira trans a trabalhar no Mecanismo de Prevenção e Combate à Tortura do Governo do Estado de Pernambuco, que trabalha para cobrir as denúncias de violência nas penitenciárias, juntamente com a ONU. Além disso, ajuda detentas a conseguir alas exclusivas para evitar ficarem vulneráveis aos homens.

Bruna Antunes

Essa linda mulher criou em Porto Alegre um curso chamado ‘Bordado Empoderado’. Com preços super acessíveis, lá as mulheres aprendem técnicas para bordar frases que as ajudem e estimulem no dia a dia, além de símbolos com significados super femininos.

Karol Conká e MC Carol

Essas cantoras talentosíssimas fizeram uma parceria incrível. Na música cantada por elas (100% feminista) são expostas suas experiências de vida com relação à opressão das mulheres e também com as expectativas delas sobre o fim do machismo. Uma música incrível!!!

Tabata Contri e Carolina Ignarra

Essas duas consultoras queridas fizeram um lindo trabalho em prol da inclusão. Elas aplicam treinamento para conscientizar organizações para receber pessoas com deficiência, capacitando-as.

Denise Fraga

A grande atriz resolveu ousar e quebrar as barreiras de gênero impostas pela sociedade na peça ‘A Vida de Galileu’, de Bertold Brecht. Em seu papel, ela foi a primeira mulher a interpretar o matemático, filósofo, físico e astrônomo, Galileu Galilei. Um grande incentivo para todas as mulheres, abrindo espaço para que as atrizes possam também interpretar papéis de homens.

Priscila Ferrari

Além de dona do blog ‘Cadê Meu Café?’ e ilustradora, Priscila é uma incrível escritora que fez um livro infantil voltado para as meninas. A obra chama-se ‘Coisa de Menina’ e é cheia de mensagens e desenhos que mostram as meninas em diversas profissões, tudo isso com o intuito de reforçar que todas as carreiras foram feitas para as mulheres também.

Millie Bobby Brown

Como não citar essa pequena grande mulher? A Eleven, da série Stranger Things, de apenas 12 aninhos, se declarou apoiadora do projeto Malal Fund, que ajuda as garotas do Oriente Médio a terem direito à educação.

Juliana Ricci

Essa incrível professora de inglês criou um grupo chamado ‘Indique uma Mina’, feito para divulgar vagas de emprego exclusivas para mulheres, além de apoiar aquelas que foram vítimas de abusos em seus empregos. Que projeto legal, não é mesmo?!