Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Up

Siga-nos

O amor não dá garantias

Amar é um jogo arriscado. Embora pessoas não sejam números, é fácil comparar o ato de se apaixonar com fazer uma aposta. Como nos jogos de azar, não há garantias de que você vai se dar bem no fim. Mas essa é a mágica. Se você for recompensado, terá ganhado na loteria para a vida inteira.

continue lendo
Compartilhar

Amar é uma aposta no escuro

Amar alguém é uma aposta no escuro. É simplesmente se atirar e ver o que acontece. Amar alguém e sentir que essa pessoa é tudo o que você precisa, é estar feliz apenas por estar ao lado da pessoa amada. Amar é um negócio engraçado, sabe, porque a gente nunca sabe o que vai acontecer, a gente nunca sabe onde vai dar, só espera que dê certo. Amar é como entrar numa montanha russa e torcer para que ela fique nos trilhos até o fim do seu passeio – se ela ficar, vai ser, com certeza, um dos melhores passeios da sua vida e pode durar muito tempo.

Não dá para saber onde se está pisando

O amor é uma área que a gente não conhece muito bem, sabe? É como jogar campo minado ou batalha naval – você nunca sabe o que te espera, nunca sabe onde está pisando, no entanto, a gente vai, a gente joga de qualquer forma porque queremos que seja da melhor forma que puder ser. Nós esperamos que as coisas deem certo e não estamos errados em ter esperança – o amor é uma coisa que deve, de fato, nos dar esperança na vida, em tudo. O amor é esperança, então, se você já começar com receio de dar errado, melhor não ir.

Apenas vá

A melhor dica que alguém pode te dar quando o assunto é amor é: apenas vá. Mergulhe de cabeça nesse sentimento, sinta tudo o que você precisa sentir, acredite em si mesmo e na pessoa que você ama. Acredite que esse sentimento pode ser algo bom pra você. A vida, às vezes, nos presenteia com pessoas boas, com gente que faz com que a gente se sinta bem, com que a gente se sinta confortável. O amor é um negócio doido que brota no coração da gente e que faz com que nos sintamos incríveis, invencíveis.

Não dá para bobear

O amor é um negócio bonito demais que aparece na vida da gente do nada e que, enfim, resolve ficar. O amor não manda recado, não, sabe? Ele vai chegando de mansinho e, quando você der por si, ele já se alojou no seu coração, no seu peito, na sua vida. O amor vai tomando conta do lugar sem nem te mandar um recadinho. Ele simplesmente chega – é espaçoso esse amor. Ter medo não ajuda em nada porque, no fim, você irá amar de qualquer forma – cabe a você decidir se vai aproveitar esse amor ou se vai deixar passar.

As coisas vão dar certo

Pode até parecer que não, mas as coisas vão dar certo. Sabe esse amor aí, que você está sentindo latejar dentro do peito? Ele pode, sim, dar certo. Sabe esse amor que você tinha tanto medo de sentir? Já se apossou do seu coração, já está te fazendo sentir coisas únicas que só um verdadeiro amor é capaz de fazer. Lembre-se que o amor é um sentimento bom demais para fazer com que você sinta dor, com que você se magoe. O amor não magoa – quem magoa são pessoas. Então, não culpe o amor, ah, não. Apenas viva.

O amor pode funcionar

Essa frase é o clichê do clichê, mas é real: o amor pode funcionar, o amor pode dar certo. A gente passa tanto tempo de nossas vidas acreditando que o amor é algo que machuca, que esquecemos de realmente vivê-lo – esquecemos de entender que o amor não machuca, não o amor de verdade. O amor real, o amor do fundo do coração, cuida, ama e zela. O amor é poderoso e pode fazer com que você se sinta bem consigo mesmo, pode te fazer se sentir imbatível. O amor é calmo e bom – é isso o que é o amor. Então, vá em frente. Só vá. Só sinta.

Sinta e viva

O amor precisa ser sentido e vivido em sua forma mais plena para que faça sentido. O amor não é algo que você vai encontrar em qualquer esquina, que você vai encontrar em qualquer festinha. O amor é um sentimento muito puro, muito nobre, muito único e sempre vai tomar conta da sua vida quando chegar – não dá para dizer para ele que você irá amar só um pouquinho, não, não dá. O amor é um sentimento que ou a gente vive plenamente ou está vivendo errado, não dá para amar parcelado – tem que ser ao vivo e em cores.

 

Você aposta e vai

Sabe de uma coisa? Aposta e vai. Aposta que esse amor pode dar certo, aposta que as coisas podem melhorar, aposta que esse amor é a coisa mais bonita que você já conheceu e ama. Ama de coração aberto, sem medo de errar, sem medo de se machucar. Não tem problema se der errado – você está aí, viva, para tentar uma, duas, três vezes e ver o que acontece. Você está aí para fazer o seu melhor e tentar acerta. A vida nem sempre é como a gente quer que ela seja, mas devemos sempre fazer o nosso melhor para que dê tudo certo.

Amor é arriscar

Essa é uma frase típica que você já deve ter ouvido em suas mais diversas formas em filmes, livros e mesmo da boca da sua mãe – e deve ser porque é uma das frases mais realistas dos últimos tempos. O amor é uma via de mão dupla que você tem que saber em que quilômetro está e em que quilômetro a outra pessoa está – sempre conduzindo de forma a evitar acidentes. Mesmo assim, você nunca sabe o que pode ou não acontecer. A vida pode ser muito dura com a gente, sabe? Muito mesmo, mas devemos tentar, arriscar.

Amor é um negócio arriscado

Se tem uma coisa que é um negócio arriscado de verdade, é esse negócio chamado amor. Amor nunca é uma aposta certeira de primeira – muitas vezes, você vai errar, e errar, e errar. Você vai errar muitas vezes, você vai tentar acertar muitas vezes, sabe? Mas uma hora vai dar certo porque é assim que acontece a magia – quando você menos estiver esperando, vai dar certo. Quando você menos estiver esperando, as coisas vão fluir da melhor forma possível. Você pode e vai encontrar o amor quando tiver que encontrá-lo. Acredite!

Sinta com todo seu coração

O amor precisa ser sentido em sua totalidade, sabe? O amor é um sentimento que a gente tem que sentir com todo o coração, que a gente tem que se permitir sentir, que a gente precisa deixar que se instale no nosso coração e que faça a diferença na nossa vida. O amor é um negócio que a gente tem que cuidar direitinho, que a gente tem que fazer com que dure, com que dê certo. Se o amor quiser, ele irá conseguir porque é assim que o amor funciona. Ele vem, toma conta de tudo e simplesmente existe.

É preciso ir!

Às vezes, a gente precisa ir e ver o que acontece. É bem assim que a gente vive o amor, sabe? É preciso ir, é preciso arriscar e tentar imaginar que as coisas podem, enfim, funcionar. É claro que um monte de tentativas vão ser falhas, é claro que as coisas podem dar muito errado, mas você deve tentar – é tentando que a gente vai mais longe, que a gente alcança os nossos sonhos e que a gente vive a vida de forma melhor. É preciso amar com todo o coração para deixar para trás as frustrações de amores passados.

Acredite que pode ser bom

Depois de várias experiências frustradas é muito difícil acreditar que é possível que o amor seja bom. É difícil acreditar que as coisas possam dar certo, mas acredite: elas podem. Acredite que pode ser bom, acredite que a vida pode ser mais e que você pode ir além das suas próprias expectativas. Você é uma pessoa tão completa, tão feliz, tão plena. Acredite que o amor pode te fazer sentir bem, pode te fazer transbordar, porque pode. O amor pode fazer muitas coisas boas na sua vida – na verdade, é para isso que o amor existe.

Não olhe para trás

Independentemente do que aconteça, nunca olhe para trás durante um novo amor. Viva este amor com a intensidade e o temor que você sempre vai ter dentro do coração, mas não olhe para trás. Não compare um amor com outro, não tente entender as suas diferenças, não tente medir as suas particularidades – cada amor precisa ser vivenciado como um sentimento único porque, de fato, é um sentimento único. O amor não deve ser subestimado ou esquecido – você deve apenas seguir em frente e viver este novo sentimento com todo o seu coração.

Viver é a melhor saída

É claro que a gente tem medo de se machucar diante de um novo amor, não é mesmo? Já nos magoamos tanto, já sentimos tantas dores que nem dá para descrever. Então, é claro que estamos sentindo mais essa dor de sermos o que somos, essa dor de tentar fazer as coisas da melhor forma possível, de amar com todo o coração. Mas a verdade é que: viver o amor é a melhor saída para este medo. Viver cada pedacinho deste sentimento, mastigá-lo, digeri-lo. O amor é algo para se viver por inteiro, de uma vez só, sem medo.

fechar