Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Up

O mal de fingir sentimentos

Reprimir os sentimentos é algo que muitas pessoas estão acostumadas a fazer, mas que pode causar males irreparáveis emocionalmente. Não deixe que isso aconteça com você! Mostre aquilo que habita seu coração e seja sincero principalmente consigo mesmo!

... continue lendo

Não reprima!

Não reprima seus sentimentos, deixe que tenham voz! Às vezes, você precisa desabafar e faz muito mal para nós ficar ocultando o que sentimos e pensamos. Não importa o que os outros pensam, precisamos colocar nosso bem-estar em primeiro lugar.

Enganar

Enganar as pessoas é ruim, ainda mais quando se trata do que sentimos por elas. Não devemos deixar que pensem ao contrário, que se iludam de propósito. Você gostaria que fizessem isso com você? Imagine as consequências que isso pode trazer.

Não deixe

Não deixei que um sentimento ruim acabe com todo o seu dia! Não precisa contar para ninguém se não quiser. Fale para você mesmo em voz alta ou escreva. O importante é tirar isso de dentro de você!

Honestidade

Não importa a ocasião, seja honesto! Quando plantamos a semente da verdade em nós, tendemos a colher o dobro para as nossas vidas. Ninguém merece falsos sentimentos, sejam quais forem!

Quem mente...

Quem mente uma vez sobre os sentimentos, costuma fazer isso sempre. Porque, afinal, é mais fácil dizer o que não sente do que expor o que realmente está no coração. Mas, essa não é a melhor escolha. Opte sempre pela sinceridade, por mais que o medo te diga para fazer ao contrário.

Diga

Às vezes é difícil dizermos aos outros o que estamos sentindo, principalmente quando fomos magoados. No entanto, guardar esse rancor para nós é ainda pior e só nos deixa mais tristes com o passar do tempo. Diga, coloque para fora e resolva todas as coisas! É bem melhor do que guardar mágoas.

Afeição

É normal que, às vezes, as pessoas não gostem de nós da mesma maneira que gostamos delas. Nem por isso devemos inventar motivos para ter raiva ou fingir que nutrimos sentimentos ruins por elas. A afeição vem com o tempo, mas as más impressões vêm de graça!

Bola de neve

A mentira é como uma bola de neve: sempre aumenta e acaba batendo em alguma coisa no meio do caminho. Quando você mente sobre o que sente, a tendência é que as coisas aumentem e que você se coloque em uma situação muito complicada. Evite!

Aperto no peito

Sabe aquele aperto no peito que fica nos incomodando? Que causa uma dorzinha chata para não nos deixar esquecer? Muitas vezes nos sentimos assim quando estamos guardando ou fingindo sentimentos. Parece que estamos sufocados! Por isso, é importante colocar para fora e esvaziar o peito.

Não é condicional

O amor não é e nem deve ser condicional, do tipo “só vou te amar se você me amar”. Se você não ama e não sente o mesmo por alguém, não diga, não invente! É melhor ser honesto do que iludir a outra pessoa.

Até as mais pequenas...

As mentiras e omissões, até aquelas mais pequenas, são ruins para a vida e só trazem energias negativas para o nosso redor. Quando fingimos o que sentimos tendemos a criar uma aura escura ao nosso redor, porque a aflição de esconder acaba sendo uma tortura!

Tudo tem a sua hora

Não adianta entrar em uma relação amorosa ou de amizade sem sentir nada de especial pelo outro e só porque está se sentindo sozinho. É mais fácil aguentar a barra e esperar, porque na hora certa você encontrará quem preencha esse espaço na sua vida.

Vale a pena?

Vale mesmo a pena guardar tudo isso para você? Vale a pena se sentir triste o tempo todo, magoado e desmotivado porque algo maior está te incomodando? Coloque para fora o que sente, não fique se sentindo assim!

Faça por você

Não pense em expor seus sentimentos por influência dos outros. Faça isso por você mesmo, porque você merece e porque você quer! Não devemos pensar em agradar mais aos outros do que a nós mesmos.

Passou...

Em momentos de tédio você se pega pensando no porquê de não ter dito o que sentia naquele momento? No porquê de ter deixado o momento passar? Os arrependimentos nos acompanham por toda a vida... Pense nisso!