Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Up

Os incomodados que se mudem

Você é desses a favor da "família tradicional", que não quer seus filhos presenciando cenas de amor entre LGBTs? Fique tranquilo! Nem seus filhos nem você serão afetados pelo amor. Siga estes conselhos para que sua convivência na sociedade se torne melhor para você e para aqueles que o cercam!

... continue lendo

Você não é superior

Disseminar ódio contra pessoas LGBT não faz de você uma pessoa melhor ou superior. Uma atitude como essa só mostra que você não tem capacidade de aceitar que outras pessoas se amam e são felizes assim. Se você rejeita um sentimento como o amor, talvez você precise procurar outro lugar para ficar.

Amor de todos os gêneros!

O que você pensa só importa para você

Às vezes, nós acreditamos que as nossas opiniões são as que mais importam. Em alguns casos, no que diz respeito a nós mesmos, elas são as mais importantes. Quando pensamos nas vidas de outras pessoas, a nossa opinião não faz a menor diferença. Se duas pessoas LGBT se amam, o que você pensa sobre isso não vai mudar a forma como se sentem.

Você é homofóbico? Descubra!

Cuide da sua vida

Viver a própria vida já traz uma série de problemas e dificuldades. Viver a vida de outra pessoa é ainda mais difícil. Se você está se sentindo incomodado com a existência de pessoas LGBT, talvez seja melhor cuidar somente da sua vida, deixando as outras pessoas livres para amarem e serem amadas.

Por que a representatividade é importante?

Não julgue as pessoas

Toda vez que temos pensamentos negativos sobre uma pessoa, esse sentimento de negatividade pode voltar para nós mesmos. Se você é incapaz de reconhecer que o amor assume muitas formas, julgar as pessoas que entendem isso não vai te fazer alguém melhor.

Amor sempre existiu

Amar outra pessoa é uma sensação que faz parte do ser humano. O amor existe entre familiares, entre colegas, entre homens e mulheres, entre homens e homens, entre mulheres e mulheres. Se você quer limitar o amor definindo quem pode amar quem, talvez você precise de mais amor na sua vida.

O problema é seu

Toda vez que você critica uma pessoa ou acredita que ela é inferior a você por amar alguém, você deixa claro que tem um problema a ser resolvido. Esse problema não é das pessoas que te incomodam. É um problema seu. Você precisa trabalhar a sua mente para entender por que duas pessoas se amando fazem mal para você.

Vá para outro lugar

Se você está diante de uma situação com a qual não concorda e não consegue respeitar ou aceitar, uma possibilidade é dirigir-se para outro espaço. Você não tem obrigação de ficar perto de pessoas que agem e pensam diferente de você, ainda que isso seja comum em uma sociedade. Você sempre pode voltar para a sua casa.

Uma questão de maturidade

Quando não somos mais crianças e ainda não somos adultos, é normal acreditar que o mundo é como nossos pais nos ensinaram ou como nós queremos que ele seja. Ao adquirirmos uma certa maturidade, somos capazes de compreender que existem muitas realidades e formas de se ver o mundo. Se você se incomoda com o amor entre pessoas LGBT, talvez você precise amadurecer.

Não existe uma só cultura

É possível que na sua cultura duas pessoas do mesmo sexo não possam se relacionar. Você pode pensar dessa forma, tendo consciência de que essa é a sua forma de viver e não a única forma de viver. Existem muitas culturas no mundo e muitas coisas em que acreditar. Se você tem direito de pensar de um jeito, outras pessoas também têm.

O que são os transgêneros?