Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Up

Práticas que constam no "Manual das Boas Esposas" de 1950

Apesar de as mulheres ainda terem muita luta pela frente em termos de igualdade, a sociedade já evoluiu muito nessa questão. Mas não é preciso voltar muito tempo para percebermos toda opressão e machismo que elas sofriam. Essas 10 dicas do Manual das Boas Esposas exemplifica bem tudo isso. Confira!

A difícil missão de ser mulher

Se ser mulher na atualidade é difícil, imagine 70 anos atrás! Sabia que existiam regras esdrúxulas sobre o “lugar da mulher” na década de 1950? Um Manual das Boas Esposas (isso mesmo!), ditando o comportamento da mulher em relação à casa e principalmente ao marido. São escritos como esse que deixaram uma herança de violência e objetificação da mulher... ainda hoje, infelizmente, muito viva na nossa sociedade. Confira as “dicas” e prepare-se para se indignar.

Descubra os segredos do Universo Feminino com mensagens de mulher para mulher

Sua vida não interessa

“Seja amável e interessante para ele. Seu dia foi chato e pode precisar que o anime e é uma das suas funções fazer isso.”

O papel da mulher era filtrar todas as coisas ruins (inclusive com ela) para não “enchê-lo com preocupações tolas”. Seus sentimentos jamais importavam. Fica a dica: mulheres, jamais suprimam seus sentimentos para fazer alguém feliz. Um casamento não envolve o bem-estar de um em detrimento do da outra parte.

Sobre relacionamento abusivo: Atenção mulheres!

Esposa não é empregada

“Durante os meses mais frios, você deve preparar e acender uma fogueira para ele relaxar. Seu marido vai sentir que chegou a um lugar de descanso e refúgio. Afinal, providenciando seu conforto, você terá satisfação pessoal.”

Companheiros não são nossos filhos. E nossos filhos também não serão bebezinhos para sempre. Eles precisam saber que não somos as responsáveis por seu conforto e, que, se eles querem alguma coisa, que arregacem as mangas e façam eles mesmos.

A pesada carga da maternidade

“Dedique alguns minutos para lavar as mãos e os rostos das crianças (se eles forem pequenos), pentear os cabelos e, se necessário, trocar de roupa. As crianças são pequenos tesouros e ele gostaria de vê-los assim.”

Os cuidados com as crianças quase sempre são impostos à mãe. Atualmente conseguimos ver uma luz nesse fim de túnel: homens participativos, que cuidam dos filhos – dividindo as tarefas, ou assumindo os cuidados integrais. Mas ainda são casos tímidos, e o machismo é predominantemente decisivo nessa tarefa. Mas o cenário, um dia, será muito mais favorável!

De mãe para mãe: Lições que só a maternidade traz