Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Up

Siga-nos

Precisamos sentir saudades

A saudade é um sentimento que dói na alma, mas infelizmente é necessária. Afinal, qual seria a graça se tivéssemos tudo que queremos a qualquer momento? Aprenda a lidar com esse momento para diminuir o seu sofrimento e crescer com as lembranças de um passado que foi belo...

continue lendo
Compartilhar

Exercício

Sentir saudade exige uma boa capacidade de manter nosso coração em paz e nossas emoções positivas. Ou seja, a saudade também é um exercício. E como qualquer outro, o resultado final é o de nos fortalecer. Quem decide trabalhar junto à saudade, em vez de lutar contra ela, logo percebe esses benefícios. O tempo de reflexão, a valorização do que está distante - seja uma pessoa ou um lugar -, as maneiras que descobrimos de abordar nossos sentimentos e relacionamentos de forma mais saudável. Viver bem com a saudade exige esforço, mas vale muito a pena.

Equilíbrio emocional

Viver junto é bom, mas os momentos de separação também são essenciais. Eles nos permitem prestar atenção ao nosso próprio universo interior. Quem dedica todo o seu tempo a outra pessoa, por mais que ame, acaba se anulando, deixa de prestar atenção às suas próprias vontades e pensamentos, e isso pode fazer muito mal. A solidão ocasional, portanto, é necessária para estabelecer um verdadeiro equilíbrio emocional. E essa saudade passageira de quem se ama permite desenvolver relacionamentos muito mais saudáveis.

Ocupar o vazio

A saudade é, de certa forma, um vazio. Um espaço deixado por alguém que não está lá. Ainda que a cura da saudade seja não passar muito tempo longe de quem se ama, os efeitos desse sentimento permanecem bastante presentes em quem o sente. Mas saudade não é necessariamente tristeza. Saudade é também ocupar esse vazio com boas ideias, novos hábitos e pensamentos. A saudade nos torna criativos, já que nos incentiva a descobrir maneiras diferentes de lidar com essa ausência. Saudade também pode ser boa, basta apenas que cada um lide com a sua da melhor forma possível.

Amplificar o amor

Quem tem amor distante sente saudade, mas também compreende que saudade é sinônimo de amor. Todo esse amor que existe entre você e a outra pessoa parece se expandir para ser capaz de vencer o espaço que os separa. Não é que não se aprecie completamente a outra pessoa até que aconteça uma separação, mas a saudade faz brilhar aqueles detalhes que passavam despercebidos. Você lembra como ama o jeito que o outro mexe no cabelo, percebe como é capaz de reconhecer todos os timbres de sua voz. A saudade não altera o amor, ela o amplifica.

Apreciar a distância

Dê valor aos momentos que você passa junto às pessoas que ama, mas não trate os momentos de separação como algo terrível. Primeiro de tudo: isso não será capaz de evitá-los. Segundo: certas separações não têm nada de ruim. A saudade pode fortalecer relacionamentos, melhorar processos psicológicos e emocionais. A saudade é um pouco triste, mas reforça a nossa noção de como a outra pessoa nos faz feliz. Ela nos faz antecipar o reencontro, aprender a lidar com a ausência. A saudade é tão importante quanto a presença.

Não odeie a saudade

Distanciar-se de quem se ama é inevitável na vida de quase todo mundo. Seja por alguns dias ou por vários anos, todos experimentarão algum tipo de separação e, por consequência, um sentimento de saudade. Existem muitos jeitos de lidar com a saudade. O mais importante é que é preciso aceitá-la. A saudade vai ser sua companheira constante, por isso não há porque odiá-la. Na saudade, você pode conhecer melhor a si mesmo, prestar atenção a cada detalhe do seu amor. Na saudade você pode até fazer novos amigos, não para substituir quem está distante, apenas para compreender como sempre cabe mais gente no seu coração.

Cuidado com a desconfiança

Num relacionamento amoroso à distância, certas coisas precisarão ser trabalhadas de forma diferente. Uma das mais importantes é a confiança. Todo relacionamento exige confiança, é claro, mas a distância implica menos contato, e a insegurança constante pode causar muitos desgastes. Por isso, a necessidade de confiar é ainda maior. Quem aprende a lidar com isso vê seu relacionamento sair extremamente beneficiado dessa situação. É só mais uma entre as coisas boas que a saudade ocasiona: ela fortalece os verdadeiros amores.

 

Aprecie o momento

A saudade é um lembrete constante do passado, mas a melhor forma de lidar com ela é dar mais valor ao presente. Em vez de lamentar o que passou, por que não usar a saudade como uma forma de apreciar ainda mais o que você vive agora? Aprecie a beleza e a alegria de cada momento sabendo que eles um dia irão se tornar saudade também. E que não há mal nenhum nisso! A alegria de agora continua a mesma, assim como a saudade é uma nostalgia de outras alegrias que foram vividas tão intensamente quanto essa.

Ciclos

A saudade é inevitável. Ela pode machucar, mas também pode nos ensinar muita coisa, se nos permitirmos aprender com ela. A vida é feita de ciclos, coisas vem e vão, coisas mudam, coisas se perdem de nós. Aceitar esse movimento constante e natural pode ser difícil porque não gostamos que aquilo que amamos (sejam pessoas, coisas ou situações) se afastem de nós. Lidar positivamente com a saudade é compreender que ela sempre será uma lembrança viva do que se foi e foi muito bom. Encarar esse lado positivo é uma ferramenta poderosa para aprender a aceitar a perda e construir o desapego.

Fortaleça seu amor próprio

Quando parecer que você não vai se aguentar de saudade, use seu tempo para cuidar de si. Egoísmo? Nada disso! A saudade é a ausência de outra pessoa, mas ela não pode ser confundida com o descaso consigo. Portanto, quando ela parece insuportável, é hora de usar esse vazio que alguém deixou como um espaço para o seu amor-próprio crescer. Cuide de seu corpo, fortaleça sua mente e valorize seu desenvolvimento emocional. Isso irá trazer inúmeros benefícios para você e para as pessoas que você ama.

O que se torna mais forte

Use a saudade como meio de fortalecer os vínculos que existem entre você e as pessoas que ama. Às vezes, é ela mesma, a saudade, que nos faz usar melhor os momentos que temos junto às nossas pessoas queridas. É a distância que faz nossos abraços serem mais fortes, já que são muito mais especiais por serem os do reencontro. Não pense que estar longe prejudica uma relação. Pelo contrário, quando há amor verdadeiro, o amor segue sendo cultivado independentemente da distância e permanece mais forte à espera do reencontro.

Trabalhe seus aspectos emocionais

Entenda que a saudade é também uma forma de enfrentar a dependência de outras pessoas. Quando elas estão distantes, quem sente saudades é capaz de colocar em perspectiva até onde estava se doando por uma relação. O limite é mais fácil de se perceber pelo tamanho do vazio que outros deixam para trás. Dependência em excesso não faz bem a ninguém. Uma separação e uma boa dose de saudade ajudam a desconstruir esse apego e criam um incentivo para que a pessoa que sofre possa fortalecer seu próprio estado emocional.

Desestabilizar pode ser bom

Sentir saudade pode desestabilizar qualquer um. É importante, portanto, compreender que essa desestabilização não é necessariamente uma coisa ruim. É preciso balançar algumas estruturas para construir algo ainda mais sólido, fugir do óbvio para descobrir coisas fantásticas, fugir da zona de conforto para se desafiar e crescer. A estagnação não é boa, e, às vezes, é exatamente a saudade que vem lhe tirar dela. Pode ser a saudade de casa quando você está distante que te incentiva a descobrir sua nova cidade, a saudade de alguém que lhe incentiva a conhecer novas pessoas. E até a saudade de quem você foi, que lhe incentiva a ser uma versão de você ainda melhor.

Como é bom voltar

Sentir saudade também é bom porque existe o reencontro. Porque os abraços de boas-vindas são bons demais para serem menosprezados só porque antes deles houve distância. Porque a contagem regressiva até o dia em que dois amados estarão juntos é um sentimento tão especial que só quem vive pode compreender. A separação tem seus momentos de dor, é claro, mas ela existe para que nós possamos entender como é bom voltar. Para aprendermos sobre como é estar distante, darmos valor a todas as lições que aprendemos. Saudade que termina em reencontro tem seu valor.

Memórias boas

Sente-se saudade porque se viveu, porque se foi capaz de estar presente em cada momento junto a pessoa amada e desfrutar destes momentos de forma tão intensa, que eles se tornaram essa saudade. Lembre-se disso quando se distrair demais pensando no passado. A sua saudade é uma marca de suas alegrias e os momentos que você vive agora merecem a sua atenção também. A saudade não é só uma memória boa do que se foi, ela é também um lembrete da importância de aproveitar o presente da melhor forma possível.

Saudade é muito mais

Saudade não é só aquele sentimento que sufoca, que vira letra de música e tema de história, aquilo que afoga tudo em tristeza e que nos leva a amaldiçoar a distância que nos separa das pessoas que amamos. A saudade, na verdade, é muito mais. Existe até um lado bom da saudade. Para começar, ela demonstra que vivemos algo bom, já que saudade só nasce de algo que sentimos falta. Ela também nos ensina a trabalhar o desapego. Com a saudade, lembramos que o amor não é posse. Às vezes, quem amamos simplesmente não estará perto de nós, mas isso não diminui nem um pouco o nosso sentimento.

fechar