Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Up

Quando tudo era mais fácil

O tempo faz com que a gente vá adquirindo cada vez mais responsabilidades e acabamos sentindo saudade daquela época em que tudo era mais fácil. Viva esse sentimento que está dentro de você através de nossas mensagens.

... continue lendo

Sinto falta de ter tempo…

Ando sentindo muita falta de poder ter tempo… Ter tempo para dormir um pouco mais, para andar na rua sem tanta pressa, para ligar para os amigos e ir tomar um sorvete sem correria. Ter tempo para ler aquele livro que comprei e ainda cheira a novo, mas que está parado na estante há alguns meses. Ter tempo para jogar conversa fora com a minha mãe, para ir ao cinema com meus irmãos e jogar baralho com o meu pai. Como a gente faz para desacelerar a vida e mudar o relógio? Preciso de tempo para fazer as coisas que realmente me fazem feliz e para fazer os outros felizes!

Ser criança

Ah, como era bom ser criança… Como era bom não ter horários, não ter rotina, nem grandes obrigações. Como é difícil ser adulto, lidar com as mudanças que o desenvolvimento traz, desenvolver consciência sobre as próprias ações e ter que enfrentar esse mundo difícil. Como era bom ter como única preocupação chegar em casa para assistir um programa na TV, poder se divertir a qualquer hora e brincar de passar a madrugada sem dormir escondido dos pais… Hoje não consigo mais ficar acordado depois da 1 da manhã e percebi que não sei mais brincar, que minha criatividade hoje é outra. Ah, como era bom ser criança.

Sonho ou realidade?

Você apareceu do nada na minha vida, quando eu menos esperava e na situação mais inusitada. Vivemos tantas coisas intensas e diferentes, e hoje quando olho para trás parece que tudo foi um sonho. É muito estranho, pois sei que foi real, mas foi realmente diferente de tudo o que já havia vivido antes na vida. Se foi sonho ou realidade, não sei, mas sei que foi muito bom, porque meu peito aperta de saudade sempre que lembro dos momentos que passamos juntos.

A distância e a saudade

Meu coração tem ficado apertadinho de saudade. Achei que seria mais fácil ficar longe das pessoas que mais amo na vida, mas a cada dia que passa vejo que vários pedacinhos de mim estão tão longe e que não sou a mesma sem eles. Tenho saudade do meu país, da comida da minha mãe, do abraço do meu pai, das risadas com meus irmãos, das estripulias do meu gato… Tenho saudade de quando meu futuro não me assustava tanto e quando a distância não era assim tão grande.

Voltar no tempo

Adoraria poder voltar no tempo e reviver os melhores momentos da minha vida. Quando olho para trás, vejo que aproveitei muitas oportunidades, conheci pessoas, fiz viagens, passei tempo com a família e adoraria poder voltar no passado algumas vezes para reviver alguns desses momentos… Poder cozinhar com a minha mãe, assistir um filme com meus pais, sair para aquela festa que marcou história com meus melhores amigos e amigas, retornar à minha festa de formatura… Ah, se eu pudesse voltar no tempo e matar a saudade.

Nossa infância juntas

Você se lembra de quando éramos crianças? Quando nos víamos todos os dias na escola, brincávamos juntas no pátio, você vinha dormir na minha casa de fim de semana, eu viajava com você e sua família para a praia… Ah, como era bom! Sinto falta de poder estar perto da minha melhor amiga, bater papo até tarde e estar por perto. Mesmo se a vida nos afastar um pouco, pois, afinal, não somos mais crianças, sei que posso sempre contar contigo e sei que vou sempre ter lembranças boas da infância que passamos juntas!

A viagem mal acabou e a saudade já bateu

A viagem mal acabou e estou me sentindo meio deprimido. Queria poder ficar mais alguns dias lá, aproveitar o sol, ouvir o barulho do mar e não ter tantas obrigações, a não ser descansar e curtir o dia. Agora estou de volta e o dia está tão cinza por aqui…

 

A palavra “saudade”

A palavra “saudade” é realmente insubstituível… Se falamos inglês, francês ou italiano, por exemplo, podemos dizer que sentimos falta de algo ou alguém, mas não é o mesmo que dizer “ai, que saudade”. Saudade é esse sentimento único que todo mundo já sentiu, mas que só os falantes de português sabem nomear.

Tenho saudade…

Tenho saudade daquele tempo. Tenho saudade de nós dois, de quem a gente era quando se conheceu e de quem fomos por alguns meses. Tenho saudade das noites que virávamos em claro na cama juntos jogando conversa fora e falando da vida. Tenho saudade das borboletas no estômago quando você batia na minha porta ou quando recebia uma mensagem sua. O que faço agora que tudo mudou?

Quando as preocupações eram menores

Queria não ter que tomar tantas decisões, não ter que me comprometer com tantos prazos e afazeres para além daquilo que consigo cumprir, não ter que me desgastar tanto para conseguir ser percebido. Sinto falta de quando tudo era mas fácil, de quando as preocupações eram menores e ainda me sobrava tempo para poder descansar.

Saudade de quando estávamos juntos

Tenho tanta saudade de você. Hoje estou há tantos anos e quilômetros de distância de você e de tudo o que dividimos juntos… Nem parece que foi verdade quando penso no que vivemos, de tão inusitado que foi. Mas foi real e foi bom enquanto durou, porém, o final foi triste e me deixou saudades que não sei se vou conseguir esquecer com o tempo.

Saudade da família

Que saudade dos domingos de manhã em que acordava tarde e sentia o cheiro do almoço ficando pronto. Que saudade de chegar em casa à tarde e tomar café da tarde com a minha mãe, enquanto conversávamos sobre os nossos dias. Que saudade de estar naquela rotina gostosa, me sentindo sempre protegido, pois estava perto da minha família.

Mãe, que saudade!

Ah, minha mãe… Que saudade de você. Me lembro até hoje e nunca me esquecerei do seu cheiro, do seu abraço, de como éramos parecidos e acabávamos discutindo à toa, de como você arrumava minha cama quando eu saía atrasado… Ah, que saudade de todos os pequenos gestos diários de carinho que recebi de ti ao longo da vida! Que saudade de ter você por perto, mãe!

Após cinco anos, a formatura!

Nem acredito que o dia da formatura chegou! Quantas pausas para o café entre as aulas, quantos apelidos inventados, quantas piadas internas, estresse pré-prova, caronas, trabalhos em grupo, festas do curso e tantas outras lembranças gostosas dos últimos cinco anos… Estou muito feliz por este dia ter finalmente chegado, mas uma parte de mim está triste porque tudo isso acabou e passou tão rápido. Vou sentir falta!

Que saudade…

Que saudade… Saudade de te abraçar, de conversarmos por horas, de saírmos e dançarmos a noite toda. Saudade de rir contigo o tempo todo e de trocar os olhares apaixonados, de me sentir especial porque estava ao seu lado e de não cansar de te conhecer cada vez mais. Que saudade…

Saudade de mim mesmo

Hoje acordei meio abatido e com saudade de quem eu costumava ser. Quando era criança, era tão criativo e decidido; quando adolescente, era tão idiota e ria por qualquer coisa, não me importava com o que os outros iriam pensar e era tão feliz assim; quando era jovem e tinha energia de sobra para virar madrugadas e abraçar tantas coisas que mal dava conta, e quando tinha minha liberdade para fazer o que queria… E hoje? Olho para trás e vejo o quanto mudei e não sei se tornei-me a pessoa que gostaria de ser.