Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Up

Rainer Cadete

O ator Rainer Cadete despontou na TV há alguns anos, mas se destacou mesmo em seus dois últimos trabalhos em Amor a vida e Verdades Secretas. Conheça mais sobre ele, aqui.

24/07/1987
... continue lendo

Primeiro trabalho como ator

Rainer Cadete

Eu não me lembro bem de como iniciei minha carreira artística, pra mim sempre fui artista, não sabia como era ser artista, muito menos que tipo de artista eu poderia ser mas achava a palavra arte mágica, no sentido poético e transformador da palavra. Quando criança fazia aula de dança cigana, piano e música, na adolescência ia pra igreja com a minha irmã e cantava louvores com ela, chegamos a fazer duetos em casamentos. Até festas infantis animei vestido de palhaço. Passei uma temporada em Roma na Itália. Fiz um curso de modelo porque achava que ia ser bonitão e alto, só que não rolou. Voltei pra Brasília com 15 anos e entrei pra uma companhia de teatro experimental em que desenvolvia um trabalho de ator criador, tínhamos experiências no fazer teatral não só atuando mas construindo texto, cenário, figurino, opinando nas cenas dos colegas, etc... Tudo aos cuidados da diretora Adriana Lodi. A primeira vez que pisei em um teatro, já foi para atuar e não para assistir a uma peça, tudo aconteceu no teatro Galpão no Espaço cultural Renato Russo em Brasília, com a peça Revolução na América do Sul de Augusto Boal.

Ao assumir o namoro com Taianne Raveli

Rainer Cadete

Estamos juntos, sim, e só não abri o jogo antes porque estava trabalhando muito e também a relação estava muito no início. Estou super feliz porque ela é uma princesa, ela é linda por dentro e por fora. Eu queria muito encontrar alguém e encontrei. Mereço uma mulher para cuidar de mim.

Artigo de luxo

Rainer Cadete

Um artigo de luxo. Olha quantos sapatos têm no guarda-roupa do Rainer. Eu tive que treinar muito [para andar de salto alto]. A primeira vez que eu tentei, tive dor lombar. O alívio de tirar [os sapatos] é a melhor coisa. (Sobre a preparação no visual para o papel em Verdades Secretas, como usar salto alto, brinco, e pintar as unhas.

Distância do filho

Rainer Cadete

Ficar longe dele sempre foi a parte difícil de ser ator, desde que ele nasceu. Porque essa profissão nos leva pra todos os cantos e eu amo muito o Pietro, acho precioso quando estamos juntos. Mas repito todos os dias pra mim que é pra ele também, e quando ele diz que quer ser ator como eu, sinto que ele se orgulha. E tenho forças pra aguentar a saudade no peito.

Emoção pura

Rainer Cadete

Essa história é emoção pura. Desde que li a primeira cena da dança deles, me emociono. É uma oportunidade de gritar aos quatro cantos que o amar é bom e faz bem, que qualquer pessoa é capaz de se superar, de sonhar, de buscar a felicidade. A chance de passar uma mensagem dessa no programa de maior audiência do Brasil na atualidade é uma linda missão. As pessoas me abordam com os olhos marejados para parabenizar essa relação
(Relação do público com o casal Rafael e Linda em Amor a Vida)

Experiência com o filme cine Holliúdy

Rainer Cadete

Eu sempre sonhei em participar de um longa metragem. Fiz alguns semestres de cinema e sempre sonhei em ter uma história com a sétima arte. Eu protagonizava um musical infantil "Zé Vagão da roda fina e sua mãe Leopoldina" que estava em cartas na Barra da Tijuca, Rio de Janeiro, quando me assistiram e falaram é você. Passei um mês no Ceará. Acordando cedo todos os dias pra gravar em uma cidade próxima chamada Pacatuba. Tinha aulas intensivas de cearencês, o dialeto que é falado no filme. Foi mágico ajudar a contar essa linda história do Halder Gomes, autor, diretor e produtor do filme. Fui muito bem recebido pela cidade e o trabalho acabou com um gostinho de quero mais. Hoje recebo mensagens de todas as classes e partes do Brasil elogiando o filme que foi o maior sucesso de bilheteria da história do Ceará.

Preparação para viver Visky

Rainer Cadete

Acompanhei de perto o Mateus Solano interpretando um gay. Não é nada difícil. Só tive preocupação porque meu filho tem 8 anos e precisei explicar que o papai ia fazer um afeminado, e ele disse "o que tem, papai? Não tenho preconceito".