Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Up

Razões para beijar

Beijo apaixonado, despretensioso, simples, romântico... Não importa qual o tipo, todos eles têm a mesma ligação e ainda ajudam a nossa saúde. Descubra os benefícios do beijo!

Combate o estresse

O beijo é considerado um santo remédio para o estresse, de acordo com o estudo da neurocientista americana Wendy Hill. A profissional analisou o comportamento de 15 casais, divididos em dois grupos. Metade dos voluntários deveria se beijar, enquanto a outra não podia desfrutar da carícia. Depois disso, amostras de sangue e de saliva dos participantes foram analisadas. O nível de cortisol, relacionado ao estresse, despencou consideravelmente no grupo de beijoqueiros. Já o de oxitocina, hormônio relacionado ao prazer, aumentou nos homens e se manteve estável ou caiu nas mulheres.

Beijar a mulher antes de ir pro trabalho só traz benefícios

Pra quem não é afim de casar, saiba que um estudo de psicologia alemão acompanhou durante dez anos a rotina de alguns casais durante a década de 1980 e descobriu que os maridos que beijaram suas esposas antes de sair pro trabalho, além de serem mais amados do que os outros, também tiveram em média cinco anos a mais de vida, ganham de 20 a 30% a mais do que os não beijadores, e, de quebra, ainda correm 50% menos probabilidade de sofrer um acidente de carro. Mas poderia um beijinho matinal ser tão milagroso assim? É claro que não, o lance mesmo, segundo os cientistas, está na atitude, que gera mais positividade no dia a dia.

Esquenta o clima

O beijo prepara o corpo para a relação sexual. Não é à toa que o famoso Kama Sutra ressalta sua importância no relacionamento. "O primeiro ensinamento do guia indiano é a intimidade entre corpos, a invasão de um pelo outro. O beijo, carícia inicial básica do sexo, é descrito como a luta das línguas, isto é, estabelece a intensidade dos passos seguintes do ato sexual", afirma a psicanalista e sexóloga Regina Navarro Lins, autora de "O Livro de Ouro do Sexo".

O ritmo

Existe uma coisa que você sempre deve cuidar, durante o primeiro beijo e todos os outros: é o ritmo. Durante o primeiro beijo é normal que, por falta de experiência, as pessoas se aventurem a beijar de forma rápida e desesperada, colocando a língua bruscamente na boca do outro: evite isto, até porque pode ser incômodo e desagradável. Os primeiros beijos são sempre mais lentos e, à medida que a situação for se animando, vocês inconscientemente aumentarão a intensidade.