Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Up

Santa Doroteia

Conheça um pouco mais sobre a linda história da santa das flores, Doroteia!

... continue lendo

Doroteia

Santa Doroteia, foi uma jovem capadócia, conhecida por oferecer sua virgindade a Deus e por este motivo fora perseguida e martirizada. Também conhecida pela devoção popular como a santa das flores. Nobre, muito rica e bem educada, Doroteia viveu em Cesareia, capital da província romana da Capadócia e foi, segundo a lenda, martirizada por ser cristã no ano de 304 d.C., vítima das perseguições do Imperador Diocleciano.

Conversão

Na época, segundo esse mito, governava o pretório de Cesareia o nobre Fabrício, que mandou trazer a jovem à sua presença e a indagou a respeito de sua condição cristã. Como a bela moça respondesse sabiamente a todas as perguntas, alegadamente desarticulando as intenções dos juízes de ridicularizarem a religião cristã e muito zeloza de sua pureza, foi obrigada a viver durante uma semana na companhia de duas jovens licenciosas e perversas, de nome Crista e Calista, mas a constância de Doroteia acabou por convertê-las à fé cristã e ambas foram mortas.

Mártir

Dito isso, o anjo desapareceu e a espada caiu sobre Doroteia, que subiu radiante ao céu. No tribunal, segundo esse mito, Teófilo continuava a zombar do caso de Doroteia quando lhe apareceu o anjo e transmitiu-lhe o recado da virgem cristã. Assombrado com o estupendo milagre de receber as maçãs e as rosas, em época de inverno rigoroso, Teófilo se converteu e, pedindo perdão a Deus e a Doroteia, também morreu mártir.

Curiosidade: Os santos e as flores - São Domingos

São Domingos Sávio

Quando São Domingos Sávio já no Céu, apareceu à Dom Bosco, mostrou um ramalhete de flores. Falou: “Vês estas flores? Representam as virtudes que mais agradam ao Senhor. A rosa é símbolo da caridade; a violeta da humildade; o girassol da obediência; a genciana da penitência e da mortificação; as espigas da Comunhão frequente; o lírio indica a bela virtude da qual está escrito: “Erunt sicut Angeli Dei in caelo”: a castidade. E a sempre-viva significa que todas essas virtudes devem durar sempre, ela simboliza a perseverança.”

Outros casos

O lírio aparece nas mãos de muitos santos representando sua pureza. E tem também o cajado de São José que floriu…
Além disso, há Santa Terezinha do Menino Jesus! Seu pai a comparou com uma florzinha no dia em que ela pediu para entrar no convento e isso nunca mais parou! Um dia ela disse: “Farei cair uma chuva de rosas do céu.” E fez mesmo!

 

Praticante da fé cristã

A jovem teve, segundo a lenda, os pais martirizados no anfiteatro, fez um voto de castidade a Cristo e transformou a própria casa numa espécie de igreja, onde passava os dias em meio a jejuns e orações, e valendo-se da própria fortuna para fazer caridade aos pobres. Tanto zelo e piedade da jovem levavam os cristãos de Cesareia a procurarem-na para os mais sábios conselhos. Isso fez com que seu nome fosse citado no Tribunal Romano como praticante da fé cristã.

Zombaria

Não satisfeito com isso, segunda a lenda, Fabrício lhe imputou a pena capital: a morte pela espada. Ao escutar a moça dizer que iria para o céu onde era eterna a primavera, um dos pretores, de nome Teófilo, zombou dela dizendo: "Pois já que vais ao jardim de teu esposo onde a primavera é eterna, envia-me de lá frutos e rosas perfumadas".

O feito

Doroteia prometeu realizar sua vontade. Antes de a espada dobrar sobre sua cabeça, ela rezou e pediu a Deus que realizasse sua promessa. Apareceu-lhe subitamente um anjo, tendo às mãos uma cesta com três belas maçãs e três perfumadas rosas. Doroteia tomou um lenço, enxugou com ele o suor e entregou-o ao anjo, dizendo-lhe: "Vai e leva a Teófilo e diz que Doroteia, serva de Cristo, lhe envia os frutos e as flores que ele pediu. E diz também que, se ele quiser mais, que vá ter com ela no paraíso".

Oração a Santa Doroteia

Santa Doroteia, serva de Cristo, dirijo-me a vós pedindo vossas orações para que eu me torne mais simples e humilde, sem pretensões e vanglórias, peço-vos para passar por esta vida sempre lembrando a glória da eterna.

Lembre-me, ó santa das flores, de que a nossa vida é passageira como uma rosa, que é bela num dia e no outro já despareceu.

Retire de mim todo medo. Encha-me de amor à vida. Faça-me agir com grandeza, nobreza e naturalidade em tudo.

Rodeia-me de proteção e bons amigos e boas companhias.

Faça com que eu reconheça boas pessoas.

Vós que não tivestes medo do martírio por amor a Jesus, ensine-me a viver com intensidade cada momento, sem medo, e a ser ousado e confiante em mim mesmo e em Deus.

Amém.

Curiosidade: Os santos e as flores - Fátima

Nossa Senhora de Fátima

Nossa Senhora também gosta de flores e disse à Lúcia em sua aparição aos Três Pastorinhos de Fátima: "Jesus quer servir-se de ti para Me fazer conhecer e amar. Ele quer estabelecer no mundo a devoção ao meu Imaculado Coração. A quem a abraçar, prometo a salvação e serão queridas de Deus estas almas, como flores postas por Mim a adornar o seu trono."

O Padroeiro dos Jardineiros

São Focas

Em 110, O Bispo Focas deu abrigo aos soldados romanos que haviam sido mandados pelo imperador romano para matar os cristãos.
Depois de abrigá-los e alimentá-los, os homens lhe contaram que estavam atrás de um Bispo.
Este, como adorava plantar e cultivar a jardinagem, cavou sua própria cova no dia seguinte e se apresentou aos soldados dizendo: "Aqui me tens! Eu sou este homem a quem procurais".
E assim, deu sua vida em nome de Jesus.