Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Play PPS Book Download Heart Whatsapp Whatsapp Facebook Twitter Google Plus Pinterest Instagram YouTube 9 Giga Up

12 passos para ser o melhor pai do mundo

Se você é pai de primeira viagem, com certeza algumas dúvidas podem surgir durante essa aventura de ser pai. Mas não se preocupe, nós separamos algumas dicas e conselhos para você se dar bem e ser o melhor pai do mundo!

Seja sincero

Pais têm o hábito de quererem proteger seus filhos de todo o mal que há no mundo, mas é preciso não enganar as crianças no processo de fazer isso. Quando elas fizerem perguntas difíceis ou a família estiver passando por algum momento ruim, esclareça a situação da maneira mais honesta possível, apropriada para a idade delas. Não invente mentiras para evitar falar de certos assuntos - crianças sabem quando são enganadas e isso as magoa bastante. A verdade é sempre a melhor opção.

Seja firme, sem ser autoritário

A criação de toda criança exige regras e limites. É preciso que elas compreendam o que é certo ou errado fazer, de forma clara, para que essas regras façam sentido. Gritos e castigos severos, porém, fazem muito mal, assim como responder às perguntas delas com “porque eu disse”. Elas se tornam irritadas e tendem a causar problemas. Apenas o diálogo realmente resolve. É preciso também, ter muita paciência. Por mais bagunceiras que elas sejam, tratá-las com agressividade só irá trazer mal-estar e ressentimento.

Cuidado com os presentes

Fique atento para que você não esteja igualando presentes a gestos de amor. Dar a seus filhos os bens materiais que eles desejam é uma grande satisfação, mas não quando você compensa alguma falta de afeto com um novo presente ou quando dá absolutamente tudo que elas querem. Crianças precisam de carinho e também de limites. Ser um bom pai é estar envolvido na vida dos seus filhos, não deixe que eles acreditem que bens materiais são tudo, especialmente substituições de amor.

Incentive a criatividade

Eles querem fazer bolos de lama, pintarem um quadro, inventarem penteados engraçados? Encoraje-os! Não deixe que o medo da bagunça prejudique o desenvolvimento criativo de seus filhos. Basta criar um ambiente apropriado e dar materiais seguros para que eles brinquem, e pronto. Participar das atividades com eles é ainda melhor. Você fica de olho para ver se eles não se machucam, nem destroem nada, e eles ainda vão achar que você é o pai mais divertido do mundo.

Comunicação

Conversar com seus filhos é crucial para o desenvolvimento deles e para estabelecer uma relação forte e saudável entre vocês. Faça com que eles compreendam que não precisam ter vergonha de falar com você sobre qualquer assunto, que você não os julga sem primeiro entender o lado deles e que você vai ajudá-los sempre que precisam. Deixe que eles lhe contem seus sonhos, suas ideias, as histórias que inventaram, por mais absurda que sejam. Sempre tenha um canal de comunicação sincera e completa com seus filhos.

Elogie-os

Demonstre a seus filhos o quanto você aprecia suas conquistas. Quando eles vierem mostrar para você o desenho que pintaram ou a história que escreveram, realmente dedique um tempo para apreciá-las. Dê a devida importância aos gestos dos pequenos, encoraje seu desenvolvimento. Crianças que são elogiadas tendem a ter menos problemas de autoestima. E caso seus filhos andem chateados ou sem confiança em si mesmos, deixe claro para eles o quanto eles são especiais e como você os aprecia do jeito que são.

Divida tarefas

Em muitas famílias, ainda é a mãe que tem o verdadeiro peso da responsabilidade na criação dos filhos. Não repita esse exemplo ultrapassado. Faça sua parte com os pequenos: troque-os, dê banho, alimente, leve-os aonde eles precisarem. Lembre-se de que você não está “ajudando” a sua mulher, está dividindo tarefas, já que ambos têm responsabilidade pelas crianças. Da mesma forma, não fortaleça hábitos de desautorização: um pai não pode ter mais força de decisão que o outro. Vocês são um time, trabalhem juntos.