Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Up

Como contar aos pais sobre sua orientação sexual

Falar sobre assuntos delicados e que ainda são difíceis até mesmo para você lidar sempre será uma tarefa muito dura. Acontece que muitas pessoas LGBTs encontram dificuldade para contar à família sua orientação sexual, muitas vezes por medo da rejeição. Confira algumas dicas para ter essa conversa:

... continue lendo

Dicas

Separamos algumas dicas e conselhos para que você assuma a sua sexualidade para os seus pais de forma tranquila e pacífica, evitando conflitos e mágoas.

Aceitação

O primeiro passo para assumir a sua orientação sexual é aceitá-la. Você precisa estar bem consigo mesmo, lidando com qualquer tipo de conflito interno e os seus sentimentos de forma segura. Somente depois de aceitar quem é você, que virão forças e vontade de desabafar e verbalizar o fato para outras pessoas.

Me descobri LGBT: E agora? O que fazer?

Sua sexualidade não te define

A sua orientação sexual é parte de quem você é e das suas vivências pessoais, experiências e histórias. Mas não é apenas isso que te define. Ser LGBT não pode ser a única coisa que dita sua personalidade e o seu eu. Lembre-se disso!

Saber nem sempre é entender

Às vezes, seus pais sabem que você é homossexual desde sempre. Mesmo que não admitam, eles podem sentir isso. Porém, saber não é o mesmo que aceitar e criar consciência do fato. Por isso, é importante que o assunto seja dito com franqueza, mas sem esperanças de que eles sempre souberam ou que vão entender logo de cara a situação.

Conte pra alguém de confiança

Antes de se abrir para os seus pais, contando sobre todos os seus sentimentos e tudo o que sente, é importante que já tenha desabafado antes com alguém da sua confiança. Pode ser um amigo, primo ou até mesmo o seu irmão. Isso também servirá como uma espécie de “treino”, para depois contar aos seus pais.

Coragem

Quando você tomar a decisão de levar o assunto em diante para os seus pais, seja corajoso. Respire fundo e não demonstre dúvidas, para que eles não pensem que você está passando apenas “por uma fase”. Não é um processo que vai acabar na sua vida, é parte dela. Por isso, a coragem e a segurança são cruciais!

Frases para ter mais coragem em sua vida

Privacidade é tudo

Escolha o momento mais adequado para se abrir pros seus pais e relevar a sua sexualidade. De preferência, uma fase da vida em que eles não estejam brigando ou sofrendo por algum motivo em especial. Um local reservado, até mesmo dentro da casa de vocês pode ser a melhor opção. Como não é possível prever a reação deles, um lugar público pode causar constrangimentos e te fazer sentir mal.

 

Direto ao ponto

Como dizem por aí: arranque o curativo de uma vez só. Seja simples e direto ao ponto, não precisa dar milhões de explicações antes mesmo de eles te perguntarem. Olhe nos olhos dos seus pais e diga apenas a verdade, que é tudo o que você sente sobre sua sexualidade. Depois, espere eles digerirem a notícia para dar os próximos passos.

Sonde opiniões

Seus pais são muito religiosos ou já demonstraram publicamente serem contra LGBTs? Eles fazem comentários homofóbicos? Pense nisso antes de contar sobre a sua orientação sexual. Mesmo se eles forem mais liberais e não demonstrarem opinião negativa, preveja possíveis reações preconceituosas e prepare-se emocionalmente.

Rede de apoio

Antes de revelar para a sua família que você é LGBT, tenha uma rede de apoio que possa te acolher. Além de te dar conforto emocional, seus amigos ou outros familiares precisam estar prontos para te ajudar em situações extremas, como agressões físicas ou verbais, e até mesmo a expulsão da residência, se você ainda morar com eles.

Tempo e paciência

Dê tempo para que seus pais lidem com toda a informação que você acaba de revelar, espere até eles aceitarem aos poucos todos esses fatos. Cada indivíduo tem um tempo interno, que varia muito. Não se esqueça de também ser paciente com as possíveis dúvidas que surgirão, explique sem achar que eles já deveriam saber.

Faça só se você sentir segurança

Contar a sua orientação sexual para os seus pais só deve acontecer se tiver total segurança dessa escolha. Está tudo bem esperar para se abrir ou até mesmo, conhecendo o histórico da sua família, optar por não dizer nada. É um direito seu! Não deixe que ninguém pressione você a se assumir, quando ainda não estiver pronto ou com vontade de fazê-lo.