Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Up

Eduardo Campos

Neto de Miguel Arraes, político caçado durante a ditadura militar, Eduardo Campos herdou a popularidade de seu avô no estado de Pernambuco e planejava alcançar a presidência do Brasil, antes do grave acidente aéreo que acarretou sua morte e de mais 6 tripulantes.

10/08/1965 13/08/2014
... continue lendo

Presidência da República

Eduardo Campos

Um monte de político se junta e diz: “Olha, a gente precisa ganhar a Presidência da República”. É como dizia o meu avô [Miguel Arraes]: na política, você encontra 90% dos políticos atrás de ser alguma coisa. Dificilmente eles sabem para quê.

Lula

Eduardo Campos

O presidente Lula fez o que pôde fazer. Sequenciou com sabedoria e inteligência as conquistas que encontrou do governo que o antecedeu. E todos nós entregamos à sua excelência, a presidente, a chance para que ela fizesse o Brasil seguir mudando e melhorando, mas o que aconteceu é que ela não soube fazer o que ela estava predestinada, encarregada de fazer.

Respeito

Eduardo Campos

Sempre fiz política respeitando as pessoas. Tenho respeito pela presidente Dilma enquanto pessoa e enquanto quadro político, respeito-a enquanto presidenta do nosso país, em quem votei. Mas tenho o direito, enquanto brasileiro, de colocar minhas opiniões, um direito que a democracia nos legou.

PT

Eduardo Campos

Eu vejo muita gente do PT, muita gente do PT inclusive nas disputas internas, falar mais coisas da Dilma, de um jeito muito mais duro do que as críticas que faço.

Estrada

Eduardo Campos

Nós vamos bater onde vocês sabem que devemos bater. Porque posso dizer que a estrada de onde viemos até aqui, foi muito mais difícil do que a estrada onde vamos chegar.

Eleições de 2010

Eduardo Campos

Nós tivemos [em 2010, com Dilma e José Serra] uma campanha das mais pobres do ponto de vista do conteúdo. Acusação de lá, defesa de cá. Acusação de cá, defesa de lá. Sinceramente, não dá para respeitar como um debate à altura dos desafios do Brasil. E isso deixou as coisas desamarradas para o futuro.

Melhor

Eduardo Campos

Dá para ser melhor. E não é uma ofensa para quem está aí você dizer que dá para ser melhor. Nós queremos mais. E que bom que queremos mais, né? Isso deveria desafiar as pessoas a fazer, a quebrar o velho costume e afirmar novos valores.

Renovar política

Eduardo Campos

Dá pra fazer muito mais. E isso não vai ser feito se a gente não renovar a política. O pacto político que hoje está no centro do governo que eu defendo, que ajudei a eleger, a meu ver, não terá a condição de fazer esse passo adiante.

Diálogo

Eduardo Campos

Quanto mais popularidade o governo tiver, mais paciência e diálogo deve ter. E popularidade vai e vem. Popularidade é uma coisa. Voto é outra coisa.

Grandes massas

Eduardo Campos

Não há grande incômodo nas grandes massas. Não há na classe média esse sentimento, nem de forma generalizada no empresariado. Mas há, nesse instante, nas elites, grande preocupação com o futuro. Há o sentimento de que as coisas podem piorar.

Petróleo

Eduardo Campos

Mais do que de repente, começa uma série de medidas, em relação a vários setores, sobretudo, no início, na área do petróleo. Há um sobressalto daqueles que foram atingidos e daqueles que não foram atingidos por medidas. Se estabelece uma ansiedade total.

Fato concreto

Eduardo Campos

As críticas que faço a Dilma são calcadas em fatos concretos. Qual fato concreto? Ela recebeu o país das mãos do presidente Lula para melhorar o país e não deu conta de melhorar o Brasil. E nós estamos correndo um sério risco de poder desconstruir conquistas que foram feitas.