Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Up

Evaristo Costa

Ele é um dos apresentadores do Jornal Hoje e vem dando provas de que o jornalismo pode ser feito de forma leve e divertida. Conheça o pensamento do carismático Evaristo Costa.

30/09/1976
... continue lendo

Início

Evaristo Costa

É necessário conversar com profissionais da área, sentir o mercado, as necessidades. Internet, tvs crescendo, assessorias, rádios... Não é possível que seja tão difícil assim. Vejo aqui na TV Globo o processo seletivo para o ingresso dos novos estagiários. É concorrido e suado. No fim, para poucos. Mas vejo também esses ex-estagiários, recém-contratados competentes.

Jornalismo

Evaristo Costa

Infelizmente, o cenário para o jornalista é o mesmo enfrentado por qualquer recém-formado de quase qualquer outra atividade profissional. Falta experiência. As vagas são poucas. Se destaca quem se diferencia, quem estuda e corre por fora. Leitura, conhecimento, línguas, cursos, estágios... Remunerados ou não.

Saída da Rede Globo

Evaristo Costa

Foi uma decisão muito difícil de ser tomada, mas estou feliz de ter tomado essa decisão e ainda mais feliz de ter feito tudo certinho até aqui. Eu preciso descansar. Preciso descansar o corpo e a mente. São muitos anos fazendo a mesma coisa. Espero que vocês entendam e continuem torcendo por mim

Ser jornalista

Evaristo Costa

Uma dica: é no interior que se aprende (falo no caso de TV e por experiência própria) e é lá que estão as vagas. Não abrace o que ainda não lhe cabe entre os braços. Aprenda primeiro.

 

Interior

Evaristo Costa

Adoro São José, e fazia o que todos vocês [joseenses] fazem por aí. Ia muito ao Bar do Coronel, ver o pôr-do-sol e caminhar no Banhado. Gostava muito de passear!

Comentário

Evaristo Costa, opinando após dar uma notícia

A polícia não esclareceu como ficou sabendo desse plano de fuga, duas horas antes dela acontecer, e nem deu explicações sobre as razões de não ter agido para impedir a ação dos bandidos. Aí, das duas, uma: se sabia, e fugiu, ou foi conivente ou foi incompetente. Ninguém do Governo do Maranhão deu entrevista sobre esse assunto.