Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Up

Siga-nos

Mulher entregando uma xícara de chá a uma senhora idosa.

15 dicas para quem tem um idoso em casa

Que idosos são extremamente fofos, todo mundo sabe, mas será que você sabe dos cuidados de que eles precisam? Ter um idoso em casa significa cuidado redobrado! Os velhinhos já não têm mais tanta força quanto antes e possuem algumas limitações, por isso precisam de muita paciência. Primeiramente é preciso observar detalhadamente a saúde do idoso, para que seja possível entender o que ele precisa em determinados momentos. Mas saiba que, antes de qualquer coisa, você precisa ter um peito cheio de carinho e de amor para dar a esse ser que já viveu muitos anos e que também já ajudou muitas pessoas. Confira 15 dicas para quem tem um idoso em casa e cuide dos cabelinhos brancos dele!

continue lendo
Compartilhar

Delimite os espaços dos idosos

É importante definir espaços para os idosos. Comece com os espaços pessoais e íntimos; converse com o idoso para saber o que ele precisa e analise se realmente é necessário. Lembre-se ainda das limitações físicas e mentais, portanto, se puder pedir dicas a médicos especializados, é perfeito para não errar em nada.

Respeite o espaço deles

Ainda falando sobre espaço, devemos respeitar o espaço dos idosos, assim como queremos que respeitem o nosso. Lembre-se de pedir permissão para entrar e principalmente para mexer em seus objetos pessoais.

Aceite as decisões

Mulher conversando com uma senhora idosa

Costumamos reclamar quando o funcionamento da casa não vai em perfeita harmonia, no entanto, quando se tem um idoso na residência, deve-se aprender a conversar com ele e principalmente a aceitar as decisões que tomar. Alguns idosos fazem coisas que não agradam a todos, mas, antes de sair reclamando com eles, procure entender o que está acontecendo. Isso facilitará bastante a convivência.

Tenha uma casa organizada

Sabemos que não é tão simples cuidar de idosos, principalmente quando temos pequenas regras que devem ser seguidas rigorosamente. Manter a casa organizada é uma delas. Evite objetos espalhados pela casa e, se o idoso usar andador ou cadeira de rodas, é de extrema importância mexer na disposição dos móveis da casa, facilitando assim a movimentação deles.

Instrua-os a ter cuidado

Dizer para ter cuidado vai muito mais que olhar para os dois lados antes de atravessar a rua. Vemos muitos casos de idosos enganados por falsos vendedores ou pessoas de má fé que os abordam e aplicam golpes. Por isso, é importante que você informe a pessoa e peça para que fique alerta contra esses golpistas!

 

Cuidados básicos devem ser estimulados

Muitos idosos acabam ficando um pouco descuidados com a aparência, mas nem sempre é porque querem. Às vezes, não conseguem se abaixar para cortar as unhas ou calçar os sapatos. Muitos deixam de cuidar da pele, dos cabelos e as roupas nem sempre são as melhores. Por isso, ajude-o a se arrumar e estar sempre bem consigo e com sua autoestima.

Respeite a privacidade

Mãos de um idoso segurando uma muleta

Alguns idosos não querem ser ajudados, no entanto, outros precisam de ajuda na hora da higiene pessoal. A dica é fazer tudo da forma mais tranquila e natural, porém, tentando manter a máxima privacidade do idoso. Lembre-se de respeitar o espaço e o tempo dele. Para isso, bata antes de entrar no quarto e não o apresse se ele pedir mais tempo!

Faça avaliações frequentes da saúde dele

Sabemos que muitos idosos têm problemas de saúde e, em alguns casos, limitações de mobilidade e até mentais. Por isso, é de extrema importância que ocorram avaliações frequentes para saber se houve melhoras ou não na saúde do idoso.

Tente deixá-lo confortável

É difícil, mas não impossível. Por isso, tente fazer com que o idoso fique o mais confortável possível. Uma das coisas que mais os incomodam é o excesso de calor ou frio, portanto se você tem um ar-condicionado procure regular para não ficar nem frio nem quente demais.

Revise os remédios

Assim como faz a avaliação junto com médicos, é importante revisar os remédios junto a profissionais. Verifique se a dosagem está correta, pois alguns remédios deixam de fazer efeito com o tempo e, por isso, precisam ser trocados. Outros remédios fazem mal para a saúde e tudo isso deve ser conversado com o médico geriatra.

fechar