Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Spotify Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Up

O que o feminismo representa?

O feminismo vem crescendo na sociedade e criando forças entre as mulheres constantemente, mas ainda exitem muitas dúvidas do que são suas representações e o que elas podem implicar na vida das mulheres. Assim, aqui reunimos muitos dos princípios dele e o que diariamente luta-se para conseguir.

... continue lendo

A valorização da mulher enquanto ser humano

Por incrível que pareça, as mulheres só começaram a ser reconhecidas dentro dos direitos humanos em 1993, com a Conferência de Viena. Isso significa que, antes disso, não eram vistas oficialmente como humanas. O feminismo quer a valorização da mulher como um ser humano, como uma cidadã com direitos e necessidades.

Menos racismo

As feministas querem um mundo mais justo e isso inclui um mundo com menos racismo. Segundo o Mapa da Violência de 2015, em 10 anos, cresceu 54% o número de mulheres negras assassinadas no Brasil, enquanto o de mulheres brancas caiu 9,8%. É preciso igualdade!

Representatividade

Segundo levantamento do Projeto Mulheres Inspiradoras, o Brasil ocupa a 115ª posição no ranking de representatividade feminina na política. Não há direitos sem representatividade! O feminismo quer que haja representatividade feminina na política, na educação, na saúde... Em tudo!

Salários equiparados

Um estudo da Catho divulgado em 2018 mostrou que as mulheres ainda ganham 30% a menos do que os homens que ocupam os mesmos cargos. O feminismo não quer que as mulheres sejam superiores: quer apenas que sejam reconhecidas como equivalentes e salários equiparados são essenciais para isso.

Mais tolerância

Diferentemente do que muitas pessoas pensam, o feminismo não quer o ódio: quer tolerância, igualdade e justiça. As mulheres devem ser respeitadas porque são pessoas e isso deve bastar.

 

O fim da violência contra a mulher

Mais do que qualquer coisa, as feministas querem o fim da violência contra a mulher. É claro que existem diversos tipos de violência, mas a violência de gênero é o simples ato de agredir uma mulher física, verbal ou psicologicamente apenas por ela ser mulher.

Divisão do trabalho doméstico

Uma vez que todos moram em uma casa e dividem um lar, o trabalho doméstico (lavar, cozinhar, passar, cuidar das crianças, etc) cabe a todos. Não é só papel da mulher cuidar da casa!

Brinquedos não têm gênero

Não existe “brinquedo de menino” e “brinquedo de menina”, as crianças devem poder brincar com brinquedos de crianças. Meninas podem brincar de carrinho e meninos com bonecas, isso apenas cria crianças mais tolerantes.

O corpo é da mulher

O corpo é da mulher e só ela pode decidir o que fazer com ele. Não cabe ao Estado ou à sociedade decidir sobre o corpo da mulher. Afinal, mulheres não são propriedades!

Sem consentimento é estupro

As feministas dizem e repetem: sexo sem consentimento é estupro! Isso para qualquer tipo de relação, inclusive para o sexo forçado dentro do casamento. As feministas apenas querem que a mulher seja respeitada.