Mensagens Com Amor Menu Search Close Angle Birthday Cake Asterisk Play PPS Book Download Heart Share Whatsapp Facebook Twitter Pinterest Instagram YouTube Up

Outubro Rosa

Neste mês, a Rede Feminina de Combate ao Câncer realiza o Outubro Rosa com o objetivo de conscientizar as mulheres da importância da realização dos exames preventivos do câncer de mama. Muitas mulheres não sabem mas o autoexame pode salvar sua vida. O toque aos seios durante ou após o banho pode detectar algum nódulo ou mudança na mama que pode ser indicio do início do câncer. Portanto, cuide de você! Faça o autoexame. Leia mais, fique por dentro e espalhe você também essa onda rosa! Use rosa no mês de outubro e mostre que você, homem ou mulher, faz parte desta causa tão nobre em nome da saúde das mulheres.

... continue lendo

Autoexame

O autoexame é uma medida importante para identificar nódulos de um possível câncer de mama. Esse procedimento preventivo deve ser realizado todos os meses, sempre após o período menstrual.
Nele, as mulheres devem estar atentas também a alterações como retração da pele ou do mamilo, inchaços, assimetria, avermelhamento, secreção com sangue e gânglios que surgem nas axilas, crescem e não somem. Porém, apresentar um desses sintomas não significa que há câncer, mas é um indicativo de que é preciso procurar um médico.

Para ajudar a fazer o autoexame das mamas, o Hospital Amaral Cavalho (HAC) divulga um infográfico com o passo a passo que deve ser seguido pelas mulheres. Confira na fonte abaixo.

Bolsa de Mulher

Descoberta

Dez subtipos do Câncer de mama

Um grupo de cientistas das universidades de Cambridge, na Grã-Bretanha, e Columbia Britânica, no Canadá, realizou estudo e chegou à conclusão de que o câncer de mama na verdade é formado por dez tipos diferentes de tumores. Foram analisados 2 mil tumores, durante cinco anos, e a conclusão é que eles são causados por mutações genéticas diferentes o suficiente para receberem tratamentos específicos.

Compartilhe frases para conscientizar sobre o Outubro Rosa!

Fatores de Risco

- Ser mulher
- Raça branca
- Predisposição genética hereditária
- Mulher sem história de gravidez ou com gravidez depois dos 30 anos de idade
- Obesidade
- Cigarro
- Consumo de álcool (mais de suas doses diárias)
- Menopausa tardia
- Primeira menstruação antes dos 11 anos
- Terapia de composição hormonal combinada (por mais de 10 anos)
- Antecedentes de radioterapia
- Mamas densas
- Excesso de exposição à radiação
- Vida sedentária
- Dieta desequilibrada
- Terapia de reposição hormonal sem orientação e acompanhamento médico
- Nuliparidade (nunca ter engravidado).

Novo diagnóstico em 3D

Para reduzir de maneira considerável a chance de diagnósticos precipitados, um aparelho 3D tem sido usado por aumentar em até 85% o índice de acertos em relação aos equipamentos mais modernos existentes atualmente: a Tomossíntese. Ele faz uma série de imagens milimétricas da mama, o que permite observar os tecidos por diferentes ângulos.
A unidade Botafogo do Cepem - Centro de Estudos e Pesquisas da Mulher - localizada no Rio de Janeiro, é o primeiro local a contar com este recurso tecnológico.

Veja também o Especial Setembro Amarelo: Mês de prevenção ao suicídio!

Ato heróico

Angelina Jolie

A atriz Angelina Jolie anunciou através de um artigo, publicado no "The New York Times", que fez um procedimento de mastectomia dupla preventiva, que consiste na cirurgia de retirada dos seios. A atriz de 37 anos tomou essa medida porque, segundo seu médico, ela possuía o gene "falho" BRCA1, o que aumenta significativamente o risco de desenvolver câncer. A atriz tinha 87% de chances de contrair câncer de mama e 50% de ter câncer de ovário. "Posso agora dizer aos meus filhos que não precisam de ter medo de me perder para o câncer de mama."

Veja frases da bela, talentosa e humana: Angelina Jolie!